SérieMorte: O Grito - Origens

 Outra série legal que os asiáticos prepararam e, convenhamos, é um terror maravilhoso!

O Grito - Origens

Fantasmas... são medonhos.

Nem se preocupa, sem spoilers aqui.

Boa leitura.

Eu não me lembro muito dos filmes da franquia "O Grito", que são a versão americana da franquia "Ju-on". Assisti todos sim, mas meu medo superou minha capacidade de memorizar, e deletei o máximo das informações que tinha deles.

O pouco que me recordo, é de um menino fantasmagórico falando um monte de palavras japonesas e engraçadas, pra Cindy... mas acho que isso é outro filme.

No entanto, sei que essa série trata de um tipo de prequel, onde ela nos conta as origens dos múltiplos fantasmas que aparecem nos filmes. Creio eu que eles são baseados nos fantasmas dos filmes originais (Ju-on), mas que tem certas semelhanças é claro com os remakes americanos. Aliás nunca entendi pra que que hollywood curte fazer esses tipos de remakes... 

O foco dela é sim, explicar detalhadamente como cada um dos estranhos espíritos chegou naquela mesma casa, e também tentar explicar a razão da casa ser um ponto em comum entre eles.

Ju-on só pra constar, é o nome dado a um tipo de maldição que fica onde alguém morre de forma muito... violenta. Isso faz com que lugares assim se tornem uma bola de neve uma vez que, quanto mais gente morre ali, pior a Ju-on.

Pra quem não lembra (tipo eu), o Grito (que na verdade é a adaptação do 3° filme da franquia Ju-on) traz a história de uma moça que vai cuidar de uma mulher numa casa antiga no japão (ainda to achando que to confundindo com um filme de humor), e ai, espíritos surgem para assusta-la, a perseguem, e ela cada vez mais se vê mergulhada num mistério sobre o que eles são, ou o que eles querem dela.

Repito, nem me lembro direito, e sinceramente não to muito afim de assistir os filmes não, eles realmente me assustam. É em O Grito que tem um fantasma de uma mulher que faz um barulho de estalo enquanto tenta falar... e isso me da calafrios. Minha babá fazia isso pra me assustar, e funcionou.

Legal que, o motivo dessa mulher fazer esse barulho, é explicado na série. Não apenas isso, é explicado como ela foi parar la, e como ela morreu ali.

Tem muitos outros espíritos, e ecos espirituais, que são intercaladamente apresentados.

E só de pensar no tanto de gente que se lascou dentro daquela mesma casa, é perturbador.

Falando da série em si, ela é uma mistura de drama, com terror, original Netflix, com episódios de 20 minutos e uns pouquinhos, e apenas 6 episódios. 

No caso, tem muitos tipos de paranormalidades, que não se limitam apenas a fantasmas e aparições. Pelo que notei, até mesmo Viagem no Tempo é presente.

É como se o mundo astral se conectasse além do tempo, então alguns fantasmas, são vislumbres do passado, ou do futuro... é bem louco.

Ela também se passa em várias épocas, por mais que todas as histórias caminhem pra um ponto em comum. Tudo é devidamente datado então não é difícil de acompanhar.

Não há muita viol... ah meu deus o bebê. Esquece, é sim muito violenta, de um jeito que me faz ter muito medo do cinema asiático. Aliás é por isso que ainda não analisem Fatal Frame 3. Os Fantasmas Asiáticos são o ápice do terror.

Certas cenas são horripilantes, e antes de assistir, certifique-se se seu estômago está bem.

Também há situações revoltantes, que mesmo não tendo nada explícito, conseguem arrancar repudia, como estupro, ou abuso infantil, além dos homicídios em si.

É uma série pesada, mas interessante em seu todo.

Ela fica meio confusa no final, quando inclui um tipo de paradoxo temporal, mas desconsiderando isso, tudo é aproveitável, e desagradável (no "bom" sentido).

Pra entusiastas do terror, recomendo.

Ficou curto né? Pois é, eu to tentando falar sem dar spoilers então, acaba ficando assim mesmo. Espero que goste se assistir, mas se não assistir, você não ta perdendo muito não.

Não é que seja uma série esquecível, mas se você não é fã de O Grito, por mais que consiga aproveitar bem o que ela propõe, acaba não sendo algo tão memorável.

A série se conclui fazendo uma ponta pro filme, então sua continuação está nas obras cinematográficas mesmo.

Então... cabe a você decidir se gastará esse tempinho pra ver ou, irá pra outra.

Vou te falar... eu pensei em assistir os filmes pra dar uma melhorada nesse artigo né, mais embasamento e tal... quem sabe até ligar os espíritos que aparecem na série com os do filme mas, meu, que chato! Não os filmes, mas a quantidade de coisas que eu teria de ver só pra pegar essas informações...

Tem "Ju-on- A Maldição", "Ju-on - A Maldição 2", "Ju-on - O Grito", "Ju-on - O Grito 2" (isso em sequência) e mais outros filmes da franquia Ju-on. No caso, "O Grito" que é a versão americana passa a adaptar do 3° filme da franquia original, e também tem seus 2, 3, 4, e até remake. É coisa de mais! E eu perdi o interesse logo no primeiro filme, que aliás tem no YouTube.

Mas, um dia... quem sabe... eu tome coragem pra ver.

É isso.

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Rs.....bem curtinha né?
    Bem....o cinema asiático é estranho cara, é melhor preparar o estômago mesmo, porque se não tu vai ter AZIA....
    Meu, que piada merda....
    É isso que acontece quando não tem o que falar...bem, enfim.....si ya rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleluia, alguém comentou aqui! Faltava esse pras "Leis" se aplicarem e eu parar de sustentar nelas pra justificar minha preguiça kkk. Logo trago algo novo.

      Sinceramente, ia ficar bem maior se eu visse os filmes e comparasse... e eu tentei. Comecei a ver o primeiro Ju On e... desisti. Da não.

      Não é por ser bom ou ruim, apenas... não é meu estilo. Se eu for dedicar tempo a ver algo assim, será jogando Fatal Frame 3 que aliás, to precisando jogar hein.

      Excluir
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)