SérieMorte: Cobra Kai - 1° e 2° Temporada

Outra série... ta virando padrão aqui.

Dessa vez não será uma série da Netflix (milagre) e ainda por cima, não será de terror nem nada do tipo, longe disso... eu só... preciso escrever.

Cobra Kai


Não terá Spoiler!!! Pelo menos me esforçarei pra isso!

Boa leitura.

Pra quem não sabe, Kobra Cai é uma série exclusiva (por enquanto) do YouTube Premium, a qual conta o que houve 34 anos (literalmente) depois do que se passou em um dos filmes mais influentes da história do cinema: Karatê Kid.


Quem nunca ouviu falar de Karatê Kid? Daniel San? Sr Myiag??? O Chute da Garça?! Até mesmo remake com o aclamado Jackie Chan já tem! Pois é, eis que surge uma série que se passa no mesmo universo, e conta uma tremenda de uma história.

Com o apoio do elenco original, essa é aquela série que agrada fans e novatos (bordão de FF15). Ela é a perfeição de uma continuação, que talvez até mesmo os filmes não obtiveram.

Existiram 4 filmes de Karatê Kid, 5 se contar o remake, e todos são bons sim mas nenhum conseguiu marcar tanto quanto o primeiro. Ainda assim, independente de conhecermos os filmes, é possível aproveitar muito bem essa série.


A história de Cobra Kai não é só uma extensão do que havia la, mas um tipo de complemento, conclusão, progressão e... ah mano não sei como explicar.

Aqui, eles tocaram o enredo pra frente, pesando em consequências, carregando nos dramas, e explorando tudo o que tinham pra explorar, brincando com a nostalgia mas ao mesmo tempo, dando um ar totalmente novo. Eu mesmo não sou um fan da franquia, e aliás, nem lembro bem dos filmes, exceto a cena tão famigerada do primeiro, na luta do "Chute da Garça"... mas cara, eu amei a série!

Tudo já começa pelo contexto da série: Conheceremos o lado do vilão.


Sim, Cobra Kai é nome do dojo rival ao qual o protagonista do filme se vê forçado a lutar. O grande feito heroico dele, a vitoria em cima de um dos seus maiores "inimigos", teve consequências pros dois lados, que se estenderam através dos anos.

Outra característica da série é essa inclusive: Passagem de tempo.

Ela se passa nos tempos atuais, considerando todos os anos entre o filme original e a dita série, e se ambienta justamente nos dias recentes, do século 21.


Os personagens originais estão mais velhos sim, mas mais experientes e igualmente mais vividos, ainda assim o passado foi tão marcante que simplesmente ainda lidam com as cicatrizes.

Aliás, são os mesmos atores tá, os mesmos do original, reinterpretando seus personagens e cara, é tão incrível! Tem um episódio de cortar o coração, em que reúnem uma boa parte do elenco, pelo menos a parte do vilão, para um reencontro inesperado do antigo grupo de amigos. Um deles, tava morrendo no episódio, e na vida real, o ator também estava passando por uma fase de doença. Inclusive, esse foi o último papel dele antes de falecer... cara... foi um tipo de homenagem ao ator, e ao personagem e... meu... assista.

Tem outro ponto interessante, pois apesar da série focar no outro lado, a presença do protagonista do filme original confere praticamente um co-protagonismo.


Ela não deixa de ser sobre o dojo rival, claro que não, mas ela ainda oferece respostas sobre como o protagonista está depois de tudo. E não são respostas rasas não viu, além de serem revoltantes pra um caramba.

Enquanto um lado mergulhou de cabeça no sucesso e tirou proveito da vitória, o outro sucumbiu ao fracasso e afundou em miséria. O protagonista da série basicamente é um condenado à desgraça, sempre se referindo a sua derrota ainda na juventude, e aplicando a culpa de todas suas falhas a esse momento.


Mas é hilário como a vida é, e a série é uma perfeita representação da vida. As coisas dão voltas, e esses fantasmas do passado que vivem atormentando ambos os personagens, uma hora retornam fisicamente pra dar aquele ultimato.

Eu gostei de acompanhar os reencontros dos personagens, e ver como cada um deles lidava com o passado. Os dois, seja Daniel-San ou o novo dono da Cobra Kai, tem seus traumas com esse passado tão marcante, e eles acabam transferindo isso pra nova geração.

Na primeira temporada, a gente acompanha a ascensão da Cobra Kai. O protagonista decide recriar o dojo, só para vencer na vida. O cara só sabe lutar, é o maior talento dele, apesar de tentar outras coisas, e ai, quando surge uma oportunidade de aplicar esse talento, ele o faz, ou tenta.


É poético como a ideia do "vilão" de reerguer aquele dojo que tanto causou problemas pro "herói", surgiu depois dele seguir os exatos passos do seu maior rival. Tipo, a ideia vem, quando ele salva um jovem de uma briga de rua derivada de bulliyng. É o mesmo que o Mestre Myiag fez, e o Jackie Chan também! Só que agora, quem ta salvando o jovem futuramente treinado, é o vilão, pelo menos da história passada.

As coisas começam a ficar interessantes, quando acompanhamos ele nessa jornada de passar o manto pra frente, mas de um jeito um tanto quanto distorcido. Ele não brota do nada com os ideais dos heróis, ele permanece seguindo o que aprendeu. Todo o conceito de "lutar com raiva", é isso que ele tem pra ensinar, pois é isso que ele aprendeu quando treinou. Indiferente de ser algo certo ou errado, bom ou ruim, é o que ele ensina, mas ele faz com boas intenções.


No começo, é tão gratificante ver o crescimento do jovem que ele treina, ao aprender a se defender, ao seguir os ensinamentos de seu mestre, ao passo que o ajuda a subir na vida, e vencer, finalmente vencer... só que é nesse momento que os ideias corrompidos do velho Cobra Kai, começam a fazer sentido na cabeça do protagonista.

É triste, mas em meio a preconceitos e receios de que o dojo maligno faria mal aos seus estudantes, novamente, mesmo com um professor que quer fazer algo diferente e positivo, e até muda várias regras e aprende com os erros, do nada, começam a surgir as consequências.


É na segunda temporada, que as coisas ruem. Nós testemunhamos a queda do Cobra Kai, mas não como um fim, e sim, um ressurgir do lado ruim. Só com a chegada do antigo mestre do dojo, que em meio a vários momentos dramáticos consegue enganar o protagonista, só nisso as coisas já desandam completamente.

A série permanece perfeita, mas não deixa de ser incômodo e até revoltante, ver que o nosso querido protagonista em jornada de redenção, começa a cair nos erros passados uma vez mais. A vida, como ela é, sinceramente, eu não quero revelar o enredo.

Valeria citar personagens? Sim... mas acho muito melhor que você assista e tenha as surpresas ao vê-los. Posso adiantar que tem bastante drama, temos muito humor, e romances até. Além de algumas hilárias conveniências do destino, como o relacionamento entre os filhos, dos nossos heróis.

O gancho pra terceira temporada é fenomenal, sendo uma das melhores lutas que eu já assisti, mas também é trágico, com um encerramento que nos faz ter ódio, e torcer pra que a continuação venha logo. Não é algo forçado, é simplesmente a consequência de tudo o que assistimos, vindo como uma bola de neve enorme, pronta pra nos esmagar.


Tudo que podemos fazer, é aceitar com remorso e indignação, mas com esperança de que tudo se resolva, mesmo parecendo impossível.

A terceira temporada não estreará no YouTube Premium, mas sim, na Netflix, ironicamente.

Pouco tempo depois de terminar minha experiencia, veio a noticia de que Cobra Kai foi comprado pela Netflix e fará parte do catalogo em breve. Inclusive, acho que estreia essa semana ainda, e será dublado.


Legal que, a terceira não virá agora, mas tão preparando sua chegada já deixando as duas temporadas para que aqueles que não conheceram no streaming original, aproveitem e aguardem, tomando parte do publico apaixonado que não aguenta mais esperar!

É isso. Repare, não dei spoilers!!! Por isso, assista. Se sentiu algum interesse pela obra, dê uma chance. Essa é uma série que vale muitíssimo a pena.

Pode ver no YouTube (legendado em português, só ativar as legendas), sendo que os dois primeiros episódios são gratuitos (e mesmo a conta premium, da pra assinar por 1 mês de graça...) ou esperar pra ver na Netflix... ou então pode ver ai pelos sites terceirizados de streming... se encontrar é claro (eu procurei e não achei viu).  Cada temporada tem só 10 episódios, e sério, compensa.


Bem, é isso, obrigado pela leitura... e...

See yah!

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Ótimo post senhor morte,não entregou spoilers...rsrsrs,eu assisti essa semana,já tinha visto os dois primeiros episódios e tinha gostado muito,karatê kid fez parte da minha infância e ver os personagens de volta,de forma digna,foi muito bom,a citação de Rambo 2 foi um fan service genial...enfim,que venha a terceira temporada e mais posts no divulgante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado sr Mário.

      Dizer a real, eu cheguei a recomendar essa série pra um monte de gente antes de escrever, pois fiquei muito surpreso com a qualidade dela. Esse post tava pronto faz muito tempo, e eu tava esperando a terceira temporada pra concluir. Daí deu a reviravolta com a netflix, e eu pensei "melhor postar logo ou então, vai virar modinha".

      Lembro que ouvi falar de Cobra Kai numa série de televisão em que o cara conhece o ator do Daniel San e simplesmente defende o outro personagem, dizendo que ele foi um trapaceiro. Fiquei curioso com isso e depois de um tempo pesquisei a série, ficando muito surpreso, pois é simplesmente genial!

      Como eu tinha imaginado, muitos sites agora tão falando de Cobra Kai por ter entrado no catálogo da Netflix, mas muitos nem sabem o que falam, vi até cópias =/.

      Mas, ao menos essa série é realmente boa. Tamo no aguardo da terceira!

      See yah!

      Excluir
  2. A série é ótima e Daniel San foi um safadinho mesmo,chegou do nada,roubou a mina do playboy,encheu o saco do cara, como quem queria levar porrada mesmo,e no fim nem com a garota ficou,talvez a terceira temporada repare essa questão, já que a atriz não pôde participar por estar filmando the boys...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, toda moeda tem dois lados.

      O fato dele nem ter ficado com a garota no fim mano, isso me deixou tipo "Caraca, pra que fez tudo aquilo então seu merd4"... mas a vida é assim né kkk.

      Excluir
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)