AnáliseMorte: MegaMan X Dive - Testando o Beta

Depois de testar o beta, nada mais justo de falar de como o jogo é, mesmo que tecnicamente ele não tenha terminado.


Esse é mais um daqueles jogos contínuos, que será provavelmente atualizado conforme o tempo passar, e se bobear, servirá de publicidade pra futuros investimentos da Capcom, assim como a Square Enix fez com Kingdom Hearts.

Mas sem enrolar, bora pro artigo.

WARNING! SPOILER! $#@#%$!!

Boa leitura.


Mega Man X Dive é um jogo oficial da Capcom, lançado exclusivamente para Celulares (funciona com Android e IOS). A versão da qual irei falar é a Beta, que esteve aberta pra testes do dia 12 ao dia 16/09 deste ano. Felizmente consegui ser um dos testadores então, que sorte! O jogo provavelmente já saiu quando este post estiver publicado, e futuramente, farei atualizações, mas irei falar sobre o básico do que o jogo é.


Na verdade, mesmo sendo apenas a versão Beta, praticamente toda a mecânica foi mostrada, e também, o enredo. Claro que, é quase como uma demonstração, e boa parte do enredo está incompleto, mas, isso é algo que também ocorrerá com a versão final do jogo (provavelmente), visto que faz parte da proposta dele.


Pelo que observei, ele seguirá o mesmo modelo de games como Ragnarok Rush, Final Fantasy Exvius e Kingdom Hearts Union Cross, onde a história é atualizada progressivamente, e o jogador precisa ir entrando constantemente, sendo recompensado por sua presença e avanço, e aprendendo mais sobre o game conforme evolui.


Infelizmente, até então, só há 3 "mundos" liberados para exploração, e isso limita a quantidade de leveis a uma quantidade menor do que a necessária pra explorar todos os elementos do game. Por essa razão, acabei parando no level 20 para criar esse artigo, mesmo que o ideal fosse ir até o 26 (onde o último recurso seria liberado).



Jogos assim costumam seguir um modelo muito parecido, mas, MMXD faz algo um pouco diferente e um tanto quanto audacioso: Ele é muito mais desafiador e ativo, onde atiramos enquanto andamos e pulamos, esquivamos, corremos, é tudo junto. Esqueça jogos em que apenas "Selecionamos a Ação" e deixamos acontecer... aqui, nós fazemos acontecer!



A experiência em joga-lo é exatamente a mesma de se jogar qualquer título de console ou portátil, o que significa que há um enorme problema aqui.



Por melhor que o jogo tenha sido configurado corretamente e seja "leve", ele é difícil pra um caramba de manipular, visto que o celular usa o touch, e jogar Mega Man, usando Touch, é uma droga.



Todas as funções de Mega Man X estão aqui, como dar Dash, Pular, dar Pulo Duplo, Pular na Parede, Atirar, Carregar Tiro, Usar Especiais, Usar Armas de Fogo diferentes, Usar Espadas de Luz, Invocar Poderes de Chefes e... não pera... to indo longe de mais...

De fato, todos aqueles movimentos clássicos da franquia X estão presentes, e respondem bem, com espaços próprios na tela do celular para facilitar a movimentação. Há até algo curioso onde pode-se somar um movimento ao outro, apenas arrastando (tipo dar um Dash com Pulo, arrastando os botões um pro outro).



Além deles, há mais movimentos legais, e especiais, com equipamentos que o avatar do jogador pode colocar. Mas tudo vai sendo liberado progressivamente, conforme os leveis são conquistados. Isso vai fazendo o jogador ficar mais forte, mas os desafios das fases também ficam maiores, e ai, vira um problema dos grandes.


É um celular! Num celular, lutar contra dezenas de inimigos vindos de todas as direções, evitando tomar dano enquanto passeia por uma fase com penhascos, espinhos, paredes e lava... é hardcore! E isso tudo no Modo Normal... futuramente pretendem liberar de fato o modo Hardcore. Imagina então as lutas dos chefes... meu deus...



Não é uma reclamação, eu até que gostei, mas eu fico imaginando quantas pessoas irão se "divertir" com tamanha dificuldade, considerando que é um CELULAR. Porque enfatizo isso? Simples: A Capcom realmente depende de Quantidade de Jogadores pra que a maior aposta de MMXD funcione, o quesito multiplayer.

Existe, em dado momento, o Modo PVP. Só que, ele não é um PVP Simulado, como visto nos outros jogos "modelo" que citei. Alias, esse modo "Simulado" é quando o jogo, de tão simplificado que é (devido a plataforma portátil que tem recursos de controle limitados), ao invés de depender do jogador para que seu avatar se mova, apenas grava a configuração dele e deixa ela la online, pra que outros jogadores enfrentem, dai fica um pseudo "Player versus Player", sem que os dois lados estejam realmente online ao mesmo tempo.



No caso de Mega Man, é necessário que ambos estejam online ao mesmo tempo, e aqueles problemas como velocidade de internet e conexão, desconexão, bugs de loading, hackeamento, essas coisas clássicas de jogos online, são um desafio ainda pior que o modo Campanha.



Sem contar que, é necessário que ambos estejam online ao mesmo tempo! Ou seja, se não tiver outro jogador, não há jogo, simples assim!



Pior ainda é no PVP de 3x3... ai sim, é preciso que os 6 estejam online, juntos, num tipo de Rouba Bandeira misturado com Battle Royale.


Nem é apenas o modo PVP que usa esse sistema, mas tem o Co-op, outro que também é muito atrativo e divertido, tirando o lag e erros que jogadores de regiões diferentes podem causar (mas convenhamos, eu tava no teste Beta). A dependência de outros jogadores só causa um transtorno enorme para quem quer apenas se divertir um pouco, em um jogo que é assustadoramente difícil.



Legal que na loja é dito claramente "Não é um jogo pra crianças"... e ai eu pergunto: Qual o público alvo dele?

Enquanto eu testava pensei várias vezes no quão lindo era o jogo, e no quão magnífica era a ideia da campanha, mas pensei nos empecilhos do modelo que estavam usando e no quanto isso me afastava.

Mesmo eu gostando, mesmo sendo um tipo de jogo que me atrai, e do título que eu sou fan, acabei ficando desmotivado a jogar, não pelos bugs, nem pelas falhas, mas pelo fato do futuro ser provavelmente desastroso, devido sua dependência extrema.



Espero que eu esteja errado, terrivelmente errado, e que a Capcom faça dele algo surreal, pois espaço tem... mesmo sendo um jogo Extremamente Difícil, e Muito Exigente, para Celular. Se fosse para Computador, provavelmente eu pensaria muito diferente, mas no celular... cara... isso não tem como funcionar (frescura minha provavelmente, acho que fiquei frustrado pelo sacode que tomei no PVP!).

Eu testei ele originalmente no meu dispositivo (é uma porcaria alias) e a bateria dele sumiu em menos de 1 hora. Eu pensei "Como que eu vou me divertir jogando algo que descarrega 100% da bateria tão rápido?"

Não faz sentido ser forçado a ficar conectado na internet e na parede pra jogar numa tela de 15 polegadas. É um sacrifício que não compensa! Pode ser falta de otimização, e claro, teste beta... mas ainda assim poxa... 

No tempo que o modo campanha dura, o que de fato não supera nem 2 horas, somando com a experiencia de estudar tudo o que o jogo oferece, e brincar no PVP fantasma (que não duvido que será a realidade no futuro), além do modo Co-op bagunçado, não vale a pena.



Talvez, o que fará o jogo valer a pena não seja nem a campanha co-op, que eu repito, é uma dependência letal pra um jogo como esse, mas sim a campanha principal, desde que ela cumpra ao menos a promessa de contar uma história realmente interessante que bagunça com todo o universo de Mega Man X.

E esse é o único ponto do qual eu me sinto na obrigação de destacar como positivo é o enredo, além dos gráficos é claro, que são um 2.5D semelhante ao MMX8 misturado com Maverick Hunter X, refazendo tudo o que já foi visto na série sob esse formato (e ficou lindo), e a trilha sonora, que é a original mesmo, das fases originais que são replicadas parcialmente.

História

Bem, o jogo se justifica da seguinte forma:



Somos um jogador, escolhido e arrastado para a Network de Mega Man e tamo ferrados, pois teremos de, junto com uma galerinha que conheceremos na Rede, ajudar a restaurar os dados corrompidos de todos os jogos da Série Mega Man X, que acabou por alguma razão desconhecida, sendo atacada e bagunçada por dados zoados.



E ai, ganhamos acesso a avatares diferentes da série, para nos personificar em diferentes mapas dos jogos, e enfrentar os mavericks que não deveriam estar ali.



A cada fase, passamos por um pequeno trecho de uma fase de Mega Man X, e no final, acabamos enfrentando um chefe diferente do que deveria estar la. Tem chefe de Mega Man X7 no lugar de Mega Man X3, e nós peitamos ele usando o avatar que desejarmos!



A campanha até então não revela quem ou o que ta corrompendo a história de Mega Man X, e também não deixa claro quem somos (apesar de dizer constantemente que somos um Jogador, e que temos memórias importantes sobre os jogos), ou o que realmente é essa Network (se é a mesma Cyberweb vista em jogos como Mega Man Zero e Mega Man Battle Network, ou algo a parte mesmo, já que é chamado de Data Log), mas ao que tudo indica, esse jogo nos fará revisitar uma porrada de mapas do universo X, e quem sabe, no futuro, até mesmo X9.



Sim, pode acontecer da Capcom optar por anunciar o lançamento de X9 colocando trechos de fases, e até batalhas contra chefes do X9 aqui, e até relacionar os enredos do jogo de celular com o jogo principal (porque não? A Square Enix fez isso com Kingdom Hearts Union Cross e Kingdom Hearts 3, e deu super certo!).

Nossos avatares são personagens de Mega Man X, e somos auxiliados por personagens inéditos, aparentemente originais de Mega Man X Dive, mas que podem sim ser um prelúdio do MMX9 (eu sei, to esperançoso de mais), ou outro título vindouro de plataforma.

Conforme avançamos nas aventuras, conseguimos chips e montamos partes dos avatares, e armas, além de equipamentos. Ao que parece, no jogo final, novos avatares serão lançados com o tempo, e quem sabe, até mesmo venham personagens de outros Mega Man (tipo o clássico, ou até do Zero). 



Cada personagem tem seus próprios poderes, mas eles equipam as mesmas armas, sem restrições, além de carregarem os mesmos leveis e terem o mesmo padrão de movimentação básica. Esqueça aquelas coisas únicas que cada personagem tinha, tipo X copiar dados inimigos, Axel virar inimigos, ou Zero ser porradeiro. Aqui todo mundo faz o mesmo, e é tudo apenas uma roupinha diferente, e o que muda mesmo, é o especial que eles vão fazer.


Atualmente, esses são os personagens:

X



O primeiro avatar, ele é o básico, e nós assumimos o papel de X, mas não somos X.



Ele tem como poder inicial duas habilidades, sendo a de Carregar e disparar um ataque se o botão for apertado novamente.

E pode também atirar mísseis.



Outros poderes são liberados conforme ele upa (eu acho), mas eu não tive saco pra isso.

Axel


Na história, o avatar de Axel acaba sendo recuperado e ele pode ser usado em sequência, mas antes mesmo dele aparecer, já da pra conseguir todos os avatares por "Caixas de Loteria".


Seus poderes consistem em dar uma Cambalhota...

E Atirar pra Todo Lado feito louco.



Sempre que um ataque especial é usado, ele demora um pouco pra ser recuperado.

Pallette



Ela veio do Mega Man X8, e é uma das Navegadoras. No próprio X8 ela se torna jogável de forma extra, como uma skin do Axel, mas aqui, ela tem sua própria "personalidade" física. Ela é bem desastrada.

Pallette pode atirar flechas de energia negra.



E pode dar uma rajada de eletricidade forte pra K7.


X "Falcon" Ultimate Armor



Não faço ideia de qual jogo essa "falcon" é (eu chamo as armaduras assim, julgue-me) mas, é basicamente X, numa skin diferente.

Ele tem o poder de Carregar, mas ele lança Bolas de Energia pros dois lados, que ficam causando dano no espaço por um tempo.



Ele também pode dar uma Investida Dash Voando com energia, causando muito dano.


Vile



Ele é vilão, mas aqui é só uma casca usada pelo jogador. Seus canhões nem fazem diferença, a menos que o carinha que enfrentei no PVP e tava de Vile e me paralisou um monte de vezes, na verdade tava usando uma skill dele, e não tava de Hack (como eu achei que tava). Vile sempre fez essas paradas.

Seus poderes consistem em chutar uma bola explosiva.



E tacar bomba que fica causando dano na área (acho que esse ataque que paralisa).


Alia


Ela também é uma navegadora vinda de X8, a principal, que la acaba sendo jogável como bônus, na skin de X. Aqui tem sua própria configuração também, sendo mais educada e contida.

Alia pode lançar colunas de fogo (que me fez ter uma nostalgia de curto prazo, logo explicarei por que, mas tem a ver com Bloodstained).



E pode lançar mísseis.


Marino



Essa é uma personagem de Mega Man Command Mission (mas ele não deveria contar, porque é ruim, e eu já zerei, é um RPG, no final lutamos contra um general chato, e o Mega Man usa cachecol, é mó estiloso, mas o jogo não conta!).

Ela é uma ninja, joga shurikens em um dos especiais.



E da uma investida ninja no outro.


Zero



Ele é liberado no final da campanha Beta e, basicamente, é o último.

Seus ataques especiais consistem em dar um golpe de energia pra cima, tipo um Shoryuken.


E dar um soco no chão que faz tiros pra todo lado.

Rico


Essa por outro lado é uma personagem não controlável. Ela é nossa "navegadora", sendo quem nos ensina sobre tudo do jogo.


Ela é um reploid, parece ser uma cientista, cuida de um laboratório, e manja do negócio que usamos pra tacar chips em nós mesmos.



Ela nos enfiou na network, e faz questão de ficar do nosso lado o tempo todo. Eu acho que a culpa da bagunça nisso tudo é dela, por isso ela ta tentando arrumar tudo hein... sei la...



Ela se apresenta como uma administradora, mas aparentemente há outros.

Administrador "White" Zero

Aparece um cara usando um avatar do Zero que também se apresenta como administrador, e como Rico, ele diz está tentando arrumar a bagunça do universo X.



Eles tratam Mega Man como um mero jogo, então, é estranho.



Mas é cedo pra tirar qualquer conclusão. Eu nem sei se Sigma ta por trás de toda a bagunça dessa vez. Alias, vai que estamos de fato num jogo, criado das memórias originais de X, no mundo pós apocalíptico de ZX, ou, e se estivermos no universo de Battle Network, acessando dados que não deveríamos acessar e criando um crossover que não deveria existir.

Vai saber... os planos da Capcom só a Capcom sabe.

Por hora, é isso.

E sim, o artigo é isso!

Eu poderia falar do sistema de compra e venda, da moeda do jogo, do sistema de itens consumíveis, do que é gasto pra se acessar as fases, do sistema de Lutas contra Chefes em sequência, e por ai vai...



Mas é tudo apenas... enrolação.

O que atrai no jogo, pra mim, é a história, e por hora, quase nada há.

Talvez, quando sair a versão completa, eu explore até ter acesso ao enredo e a um ponto realmente interessante, e quem sabe, surja uma "Parte 2" desse artigo, com uma opinião menos ácida ou tóxica.

Mas por hora, vou voltar pro Emulador de Android (que foi a única forma que encontrei pra conseguir realmente jogar) e tentar chegar no level 26. Vai que tem algo legal.

ATUALIZAÇÃO

Então, terminaram os testes, e abriu uma Pesquisa pra quem fez os testes... e olha a surpresa:


Sim, há planos pra coisas como PVP automático (sem que seja obrigatória a presença de jogadores online! AMEM!) e coisinhas mais interessantes ainda... bem, eu marquei tudo pois tudo é interessante!

A Capcom ta ligeira, e se tudo isso for implementado, ta ai, o jogo vai ficar maravilhoso!

Além disso, na pesquisa há uma parte sobre condições técnicas, sobre o aparelho. Ou seja, o esquema da bateria, e os bugs chatinhos, além dos problemas com controles, tudo isso vai ser ajustado.

Logo... to no aguardo pra versão Final do Game!

See yah!

Postar um comentário

6 Comentários

  1. Salve Shady, blz? Então, curti sua mini análise de MMX Dive, bom sobre esse jogo, acho que é uma tentativa de reviver um antigo jogo cancelado da franquia, o Mega Man Online (que sairia pra PC). Além disso, o jogo parece ter bastante potencial, acho que se a Capcom pegasse e aproveitasse diversos elementos da Saga X, como Características Únicas de cada personagem, e aproveitassem de uma maneira melhor, o Mega Man X Dive seria um baita jogo! Uma coisa que eu espero nesse game é que tenha novos inimigos (chefes principalmente) e que seja mais fácil e dinâmico desse jogar. Bom sr é isso! Até a próxima ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia de um Mega Man Online/Multiplayer é muito boa, e na prática, até funciona... mas no celular não... pelo menos não nesse formato... (eu impliquei com isso!). Mas ta divertido fazendo um certo esforço. Comparada a minha experiência com Ragnarok Rush ou Kingdom Hearts Union, ou sei la, Pubg, o o Dive ta fraquinho pra empresa que ta produzindo... Em termos visuais ta espetacular, em jogabilidade também, mas pelo que experimentei, ta faltando um equilíbrio técnico com a plataforma em questão. Cheguei num momento em que equipei meu avatar com uma porrada de coisa e deixei ele nos trinques pra resistir dano e, o jogo perdeu completamente a graça. Inimigos dão 1 de dano, nem faz sentido esquivar, e simplesmente da pra passar as fases andando.

      É 8 ou 80... ou difícil de mais, ou fácil de mais... falta um balanceamento, e o principal de tudo, falta um dinamismo lógico. O jogo não parece ter sido feito pra plataforma na qual ta sendo distribuído, mesmo tento todas as funções adaptadas pra ela. E pior... tão contando de mais com multiplayer...

      Enfim, obrigado pela leitura sr Caíque, e... esse é só um Beta. Se bobear o jogo final seja totalmente diferente. Os erros e essa falhas tão sendo reportados, e certeza que a Capcom não vai ignorar.

      "Certeza"... acho que ta mais pra "Esperança".

      Bem, é isso. Até sr!

      Excluir
  2. Basicamente o jogo se passa na própria Capcom (pelo menos em seus servidores). E sobre o jogo ser caótico, o único problema que eu tive foi o jogo se fechava sozinho e algumas skins estão com a cor bagunçada (aonde deveria ter os detalhes fora as partes de armadura, estão brancas). Mas deve ser por causa disso ser uma beta. (E eu ganhei um gamepad, então não tive tantos problemas). O jogo em sua versão final, deve ser bem legal de jogar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que na versão final fique melhorzinho. Eu não notei a falha gráfica.

      Excluir
  3. Muito boa a sua análise Shady. O jogo realmente está em Beta, quando algo está em Beta, só a ideia de fato pode ser analisada, e eu gostei achei boa! No meu smartphone e de outros o jogo funcionou perfeitamente. Recomendo que jogue com um gamepad pra Android, no meu caso, fez muita diferença! Apesar dos controles terem alguns bugs, foi muito melhor que jogar pelo touch! Convido você a participar do nosso grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/501917513875845/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado sr Guilherme, fico feliz por ter gostado da leitura. Na verdade, por mais "frustrado" que eu tenha ficado, de fato considerei ser somente um Beta, e fiquei bem satisfeito com o resultado... Depois da Survey eu fiquei bem mais tranquilo quanto ao futuro do jogo e pelo jeito, ele vai corrigir todos os "pontos negativos", facilmente.

      Bem, aceitei seu convite pra página, e agradeço por ele.

      See yah!

      Excluir
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)