ArquivoMorte

PesquisaMorte:

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Confissões da Morte

Sabe, eu tenho vergonha de muitas coisas, uma delas é o nome do meu site. Porém, eu me orgulho muito dele, pois tem uma tremenda de uma história por trás.


Ta curioso? Bem, que tal te revelar o mistério?

Aqui segue meu pedido de desculpas, e essa revelação pra você, caro leitor.

Boa leitura.



Bem, venho por meio desta me desculpar pela ausência de artigos nesse mês. Na verdade, estou escrevendo vários textos paralelamente e pretendo publica-los até o fim do mês, mas confesso que estou demorando um pouco mais do que esperava, por isso, para que não ache que apenas desisti de tudo e fui embora, amigo estou aqui!


Fiquei pensando em como explicar a demora e ai, tive uma ideia: Que tal contar o significado do nome do site?


O que uma coisa tem a ver com a outra? Nada na verdade... mas é um bom pretexto pra fazer o texto render, e ainda por cima marcar presença no site com algum conteúdo decente, e no mínimo interessante, que até então não contei.


Antes de mais nada, uma explicação:


Estou passando por depressão (ahhhh =/) e tive umas crises recentes com direito a chilique, ai, meio que passei com uns psicólogos e uma psiquiatra que decidiram que seria melhor eu tomar uns remedinhos. Com isso, eu dei uma pequena bugada...

Paralelo a isso, vejamos, tentei me matricular numa faculdade, deu errado, tentei um relacionamento, deu errado, fiz umas escolhas, deu tudo errado, e no fim, meu problema foi se agravando ao ponto de me fazer chegar a um estágio meio chatinho.

Tive bloqueio criativo por consequência, e por mais que eu tivesse rascunhos, eu não consegui desenvolve-los. Só os retomei agora, e finalmente, me empolguei ao ponto de conseguir avançar bastante. Mas, ainda não estou recuperado viu... por isso, estou me esforçando de mais pra criar algo espontâneo, e lindo, que eu me orgulhe, e que você goste.


Bem, eu lamento pela demora, eu sei que é chato ficar esperando tanto, mas logo tudo estará pronto.

Alias, eu tenho um instagram: @fernandomaxwe (eu sei, é tosco, mas na hora foi o que pensei) onde posto meus desenhos e pretendo passar a publicar atualizações do blog futuramente.



Então, vamos ao mistério: O que significa o nome do site?


"Divulgante" é o mais simples de explicar. Eu busquei combinar palavras e criar uma que não existe no nosso idioma, mas soa familiar. Com a união de "Divulgar", no sentido de espalhar meu trabalho e ideias por ai, e "Viajante" no sentido de viajar pelo vasto universo fictício, criei essa palavra que, por si só daria um nome bem legal.


Mas eu precisava incluir "A Morte".


Essa é a parte que eu costumo ter vergonha, pois as pessoas nunca entendem. Geralmente, se assustam, e muitos até se afastam por causa disso. Já recebi críticas pelo nome, e muitas até fazem sentido, mas... é tão difícil explicar, que essa "frase" tem um baita significado pra mim.

Normalmente eu invento histórias pra agradar as pessoas de diferentes públicos, e tento meio que justificar o uso dessa palavra no blog. Eu sempre curti o lado dark das coisas, isso não escondo, por isso mantenho esse designe escuro. Mas, não é por isso...

Uma vez contei pra uma pessoa que "Morte" no fim das coisas significa o final da história, pois no fim, é a única certeza de tudo, e é isso que quero transmitir com o blog. Mas não é bem isso também, pelo menos não totalmente.

Uma vez, disse pra alguém que quando criança, eu tinha um cemitério de brinquedos, onde enterrava meus brinquedos para que meu vizinho não pegasse (eu era paranoico). Ao descobrirem isso, uns amigos na rua me batizaram de "Morte", ou "Doidão", pelo estranho hábito fúnebre, mas apesar de ser uma história real (claro!), não é também o motivo...

Teve aquela vez que eu disse que o site é como meu testamento, por isso, batizei ele com "Morte", para demarcar o ponto final da minha própria vida. Assim, nele, deixo minhas últimas palavras àqueles que se interessarem, mas... não é isso também (não totalmente... mas é, de certa forma, também vale pra isso né).

Uma vez eu disse que "Morte" é meu nome virtual, um mero apelido que achei interessante pelo lado macabro e acabei gostando, ao ponto de usa-lo pra tudo. No fim, decidi que ele seria minha assinatura definitiva... mas isso não é a verdade absoluta.

A verdade meus caros, é que "Morte", na verdade, "A Morte", é um anagrama.

Eu sempre gostei de códigos, mistério, enigmas, e anagramas, então bolei esse, a muito, mas muito tempo.


A ideia era pegar algo que eu gostava muito, e transformar em algo que eu achava bem macabro, tipo, assustar com o que eu gostava, e fazer as pessoas se espantarem, com algo fofo. De inicio me pareceu uma ideia bem ilustre, e claro, funcionou... mas o ruim é que como ninguém entendeu até hoje, acabou que as pessoas sempre só observam o lado macabro.

O pior é que eu sempre tenho vergonha de explicar o real significado e ai, acabo inventando algo, ou tentando reforçar o lado macabro mesmo... mas no fim, é só algo meio... esnobe.

AMOR A ARTE.
A MORTE

Desde jovem eu desenho... e sempre amei isso...



Então decidi que faria esse anagrama e levaria ele comigo pra toda parte. Uma mensagem positiva pra todos, escondida atrás de algo que assusta a primeira vista.

Geralmente eu escondo o "A", pois a palavra "Morte" em si já é feminina. 

Anagramas por si só não são simples de se solucionar, ou não deveriam ser... e esse é o meu.

A razão do site se chamar assim, é porque eu desejo Divulgar minha Arte tão Amada, enquanto Viajo por ela.


Simples assim.

Quem sabe um dia conte mais sobre... 

Mas por hoje, meu caro... é isso.

Até a próxima.

16 comentários:

  1. Caro Shady Morte,
    achei muito bacana você compartilhar conosco, pois por tudo, você arruma um tempo para dedicar site e nos prestigiar com excelentes opniões, bem elaborados e cheio de riquezas em detalhes. Parabéns Divulgante Morte vejo sucesso nesse site.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heei srta Carol (e sr Elon!) Obrigado!!! Sabe que fico sem palavras... tipo... obrigado... apenas obrigado! E... espero que eu consiga avançar mais. Sério, obrigado pela leitura, e pelo comentário... significa muito pra mim.

      Excluir
    2. Obrigado por valorizar seus leitores com esse post. todo dia estou aqui atualizando a pagina e esperando algo novo sair. Serei ainda mais paciente hehe. A morte é gente boa.

      Excluir
    3. Sr Ivan, obrigado por ser tão paciente, e pode ter certeza, valerá a pena. Logo uma das melhores postagens estará completa!

      Excluir
  2. Cara,também sofro com a depressão e entendo o que você passou,nunca cheguei ao estágio de usar medicamentos, mas tem dias mais difíceis que outros. Espero que você passe por esse momento e dê a volta por cima,seu trabalho aqui é muito bom e diariamente inspira pessoas,por mais que você nem perceba...força,seus leitores estão contigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje fiz bobagem, tentei algo besta, mas graças a Deus e a amigos não deu certo. Bem sr Mario, irei me esforçar pra superar essa fase e manter o site atualizado com o melhor material possível, e garanto que postagens incríveis estão por vir.

      Excluir
    2. Quem realmente acompanha seu trabalho espera que você esteja bem,pois sabe o quanto a saúde influencia tudo que somos,não se deixe levar pelo estado atual,tudo pode melhorar se você realmente perseguir isso,nossa química cerebral nos afeta mas também é afetada por nós. Desejo realmente sua melhora e vou torcer aqui por isso,cara você pode muito mais do que já fez,insista e se revista do que te faz bem.

      Excluir
    3. Sr Mario, valeu! Eu repito, to lutando por isso. Irei fazer além do máximo pra melhorar sempre e eu sei que conseguirei. Tenho o apoio de vocês.

      To muito feliz... acabo cometendo deslizes mas no fim, tenho muita sorte.

      Excluir
    4. Você vai longe cara,não desista.

      Excluir
    5. Repito, obrigado sr Mario, tenho fé. Não vou desistir.

      Excluir
  3. Interresante sr,sempre pensei, pq o nome do seu blog é "DivulganteMorte"? e através disso "matei" minha curiosidade kkkkkk

    Mas enfim sr, forças, sei que depressão não é algo fácil de livrar, mas não desista! Você é uma pessoa importante pra nós leitores do blog, sempre gostei de suas análises e da forma de como vc escreve (através de suas análises, eu tive um olhar diferente sobre Mega Man rsrs), mas é isso sr, não desista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr Caíque! Achei necessário contar, e é um jeito de dar um salve...

      Bem, estou quase concluindo meu post.

      Obrigado por aguardar.

      Excluir
  4. Caramba, Sr! Estou admirado pela sua habilidade com simbologias. Robert Langdon estaria orgulho no fim das contas hahaha. Eu mesmo achava que o nome do blog tinha algo a ver com algo fúnebre, mas ao invés de ser sobre o fim da vida, é justamente o oposto, pois o amor é início de tudo. Chique!

    Quanto a depressão, espero realmente que fique bem! Eu acho que estou passando por isso e é horrível, como estar preso dentro de si. E faz anos que estou nessa, porém ando tão desiludido e "conformado" com tantas frustrações que evito buscar ajuda/tratamento. Apenas sobrevivo. Que assim seja... Mas eu bem sei como é angustiante esse bloqueio criativo. Eu amo escrever, ler, fazer sobremesas, mas ultimamente nada disso tem surtido efeito. Acho que já comentei aqui que tenho um blog e é a mesma coisa: abro vários rascunhos mas nada flui. Bom, mas você tomou um grande passo que foi ir em busca da sua melhora. Que logo logo você sinta as ideias surgindo e fluindo através de sua arte. Estarei aqui te aplaudindo e me deleitando com seus textos.

    See ya!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw sr João. Pra ser sincero eu torcia pra alguém descobrir a verdade antes rs... Sempre curti fazer pequenos enigmas e isso meio que "seria uma forma de encontrar quem me entendia" mas acabou que, cada leitor me entende à sua maneira. Talvez, um dia, descubram a mensagem codificada em um dos artigos hehe.

      Sr, essa "doença contemporânea" é um saco, e eu conversei com tanta gente, e descobri que tanto, próximos até, passam e passaram por coisas muito parecidas. Histórias até semelhantes às minhas, e gente que tentou até mesmo a mesma coisa que eu e eu nem imaginava. No fim das contas, entendi que infelizmente, desilusões e frustrações são parte da existência, a gente tem que lidar com isso e avançar... temos nós mesmos e é isso.

      É complicado dizer isso, considerando que eu mesmo to aqui, entre a cruz e a espada, mas é tudo apenas uma fase, longa, torturante, preocupante, as vezes alarmante, mas uma fase. Passemos por ela juntos.

      Nossa sorte sr, é conhecermos o que temos de bom em nós mesmos e, mesmo com a porcaria do bloqueio, que ao que vejo é uma consequência do mal psicológico, nós ainda somos o que somos. Atualmente, eu to realmente lutando pra escrever, e escrever bem. O artigo que to preparando, um deles, já ta com 28 mil palavras, e to com tanto orgulho que, me chamar de pecador é pouco (rs).

      Além disso estou desenhando, e sorrindo, mesmo que no fundo e em solidão eu esteja do mesmo jeito trágico, não custa buscar confrontar isso de forma positiva. O murro moral que meu irmão me deu, e o apoio que vocês estão me dando, isso tudo realmente deu uma lição em mim... espero que eu não me esqueça.

      See yah sr, e muito obrigado!

      Excluir
  5. Nossa, será uma epidemia? Inclusive meu irmão menor (20 anos) tá assim, e toma medicamento e tudo mas continua mal. Eu venho trabalhando de forma/ cautelosa pra ajudar a ele. O mesmo com um grande amigo meu que já tentou suicídio, e ainda outras pessoas que conheço (inclusive os poucos que chamo de amigos) todos tem ou passaram por isso. Até eu já passei mas faz tempo. Voltou esse ano há alguns meses mas já passou. Já percebi que uma das melhores formas de não ter "doenças" emocionais é ter os pés no chão, se bem me entende. Deus sabe que desde pequeno passo por provações mas aqui estou afinal, sem remédios, sem dor, sem ansiedade, sem raiva. Apenas feliz e uma das coisas que me deixam feliz está bem aqui, aquela que fez esse blog, que conheci há uns anos, e que enfim, estou retornando após uma longa estadia fora. Fico feliz de dizer que como quase tudo na minha vida, essa "coisa" me marcou muito e mais que valeu à pena, me faz agradecer a Deus por achar pessoas como ela. Pessoas que não são necessárias para sobreviver, como aliás o amor, a amizade, a fé, a esperança que também não são, antes elas fazem a pena a arte de sobreviver em si. Pessoas assim dão cor à minha vida também, e me inspiram a continuar a ser forte não só por mim mas por elas. O melhor de ter amigos afinal é dividir, inclusive alegrias que se multiplicam, e fardos que ficam mais leves. Nós não viemos para o mundo para ser feliz, antes o que fazemos aqui pelos outros é que é a consequência disso. O amor, o carinho, a fé são coisas que nos motivam a continuar. Você bem sabe onde me achar também, tenho sua figura adicionada já há tempo, e sempre estarei disponível para te ajudar. Acredite, eu já vi e tive mais contato com isso e pessoas assim do quê deveria, mas afinal não dá pra fugir disso. E nem pretendo. O bom dessa vida é amar e o que mais deseja sobre a pessoa amada? Que ela seja feliz e desde já isso que eu te desejo: sua alegria. E por fim, como diz a Bíblia:Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

    1 Coríntios 13:13

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr Marcio... o que dizer?

      Sabe que sempre é de aquecer o peito ler suas palavras, além do mais, as vezes faz-me questionar se sou merecedor de tanto companheirismo.

      Sabe ser inspirador e reconfortante, seu irmão, e seus amigos, tem sorte por ao menos contar com alguém tão rico quanto você. Posso me incluir na lista, afinal, mesmo sendo um leitor, o carinho que tem pelo meu trabalho e a forma como aproveita ele já me faz te ver com um vínculo amistoso enraizado, além do mais, sua presença me agrada muito.

      Obrigado sr.

      Excluir

CadastroMorte

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner