ArquivoMorte

PesquisaMorte:

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

AnáliseMorte: The Walking Dead - Temporada Final - Episódio 2

Ta acabando...

Esse é o episódio 2 da temporada final de The Walking Dead, e caso queira ver o episódio 1, é só clicar aqui.


Essa análise se adapta conforme as minhas escolhas. 
Os spoilers são moldados pelo meu estilo de jogo.

Boa leitura.



Introdução


O segundo episódio parte exatamente de onde o primeiro parou, e apesar de ter algumas novidades, não difere muito não. Ainda assim, é interessante mencionar o que tem de novo.



A retrospectiva do episódio anterior é bem artística, desenhada, como na seleção do passado no episódio inicial. Pelo jeito todos seguirão por esse mesmo padrão, o que é bem legal.



Ver a história narrada por Clementine, dublada em português, e relembrando os principais eventos mais recentes é bem importante pra refrescar a memória, e nesse formato, é algo mais resumido e pessoal, pois só é revelado o que ela considera importante.



Como por exemplo, a suposta morte do Abel. Ver a imagem estática dele com a narração de Clementine, dizendo qual foi seu fim, deixa claro que não tinha alternativa mas, ainda fica a dúvida no ar.



Mas da mesma forma, a morte de Marlon, certa e cruel, na cara de Clem, certifica e concretiza o terrível desfecho, relembrando os apuros em que a mocinha ficou.


E claro, AJ.



Talvez o mais interessante dessa temporada seja a adição de uma abertura, com trilha sonora, após um pouco de gameplay. Isso da reforça a atmosfera episódica do game, e a abertura é bem legal também.


Enfim, bora falar do gameplay.

Gameplay


O jogo consiste em lidar com AJ.


Inicialmente, precisamos moldar sua personalidade após o evento catastrófico da noite anterior, e respondemos um questionário interativo, ao mesmo tempo que temos flashbacks do que houve, conforme o que decidimos.



Isso faz com que AJ tenha um certo comportamento, e já ficou bem claro que esse comportamento será o que definirá o final dos episódios. Além é claro, das decisões da própria Clem, o que ela ensina pro pequeno AJ também afeta o futuro, pois ele também toma decisões por conta. Isso explora uma nova variável bem interessante pra TWD.


Além disso, a movimentação ainda é bem livre, com Clem podendo explorar tudo quanto é canto do cenário, e girar a câmera tranquilamente.



Isso serve pra conhecer melhor e observar as coisas, além de coletar itens pra enfeitar o quarto dela e de AJ. Mas, um detalhe interessante é que esse quesito de enfeite é completamente incerto. Podemos coletar coisas sim, mas nada garante que as utilizaremos no final do episódio pois nada garante que retornaremos pro mesmo quarto no fim. Essa dúvida paira não apenas pela mente de Clem, mas do jogador também, fazendo a esperança de coletar coisas parecer desperdício de tempo... até isso é interessante.



Pegar coisas ou não pegar? Sonhar com o futuro ou não sonhar? Poxa, no primeiro episódio a ideia dos itens era enfeitar o carro, que logo no inicio do mesmo, já foi totalmente destruído. Aqui, o quarto recém adquirido também tem um final lamentável, então... de que adianta se esforçar?


Outra parte do gameplay são os botões de ação rápida. Isso existe desde os primórdios de TWD, e permanece da mesma forma.



O sistema de mira e ataque também ta do mesmo jeito, com uma precisão ainda menos, exigente, do que antes, e mais lenta também. Eu joguei pelo mouse dessa vez e notei que a velocidade dele foi bem reduzida, talvez pra dificultar.



Outra coisa que também se repete bastante, são os botões de direção rápida. Pelo menos não é como em TWD3 em que tinham desregulado tudo, e aqui, direcional é pra movimento, entretanto... uma vez que a movimentação é mais ampla e livre, não seria mais interessante colocar os momentos de corrida com mais ação, e numa perspectiva diferente do costume? Aproveitar as novas mecânicas ao invés de apenas reaproveitar o velho? Eu critico isso pois, achei estranho esses momentos de ação "travada" quando o mais legal dessa temporada seria justamente a liberdade.



Porém, ainda tem os bons momentos de batalha campal, em que Clem desce o sarrafo nos mortos, buscando a melhor estratégia e podendo elimina-los em qualquer ponto do mapa, da forma que achar melhor, com o que tem em mãos.



Juntar vários é um risco, então atordoar uns, separar, matar, e até correr é válido. Isso deixa tudo mais legal, e faz o jogo, de fato parecer um jogo.


Tanto que, ter game overs é muito mais comum nesses momentos do que em qualquer outro TWD.



Outra função, que é novidade, é o Arco e Flecha. Agora da pra mirar e atirar usando essa arma de longo alcance, mas não é nada muito complicado não. Na verdade é até simples de mais, meio travado e mecânico. Ainda assim, escolher o momento em que irá se atirar, ou lutar na facada, é bem divertido e dinâmico.


Enfim, tirando isso tudo, o jogo permanece o mesmo de sempre. Você decide coisas, e coisas acontecem por causa do que você decidiu.

Personagens

Clem



Desolada, Clem precisa lidar com os erros de AJ, e ao mesmo tempo, com seus próprios, enquanto tenta educar o garoto e ajuda-lo a sobreviver. Ela tem orgulho dele, e não se arrepende de nada do que lhe ensinou, porém começa a perceber que certas regras do mundo mortal no qual AJ nasceu não se aplicam ao mundo para o qual eles estão caminhando.

AJ



Confuso, AJ tenta entender onde errou ao matar aquele que ameaçou sua guardiã. Pra ele, monstros devem sempre ser mortos, foi o que ele aprendeu, porém aos poucos ele começa a perceber que a linha entre humano e monstro, certo e errado, defensor e assassino, é bem tênue e frágil, e passa a enxergar a si mesmo como um monstro.

Mitch



Revoltado, ele não aceita a morte do líder do grupo e culpa Clementine pelo descontrole de seu pupilo. Ele não teve tanto destaque no primeiro episódio mas aqui aparece um pouco mais, sendo o armeiro mais eficiente do grupo, e aquele que mais ataca a garota. Ele não aceita ela na comunidade depois do que ocorreu.

Tennesse



Apreensivo, ele entende o que aconteceu e permanece do lado de Clem, e seu amigo AJ. Ele se sente mal pelo que houve com o líder, entretanto uma vez ciente da verdade, passa a acreditar que era o melhor. Ainda assim, ele não expõe muito o que pensa, apenas deixa claro que não culpa AJ por nada.

Violet



Proativa, ela faz questão de assumir a posição de liderança da escola, mas também passa a se manter do lado de Clem e AJ, apesar disso ir contra a maioria da comunidade. Ela não esconde o que sente por Clem.

Ruby



Chateada, ela descobre alguém do passado que a inspirava, e lamenta muito por como tudo terminou. Ela a médica da comunidade, e tudo que aprendeu foi com essa pessoa. Inicialmente ela era contra Clem e AJ, mas muda de opinião depois que os conhece melhor.

Rosie



Catatônica, a cadela do líder passa a dormir em cima de seu túmulo, triste por seu fim. Porém, Clem consegue conquistar a confiança dela graças aos últimos ensinamentos dele.

Louis



Enraivecido, ele passa a condenar AJ pela morte de seu melhor amigo, mesmo o garoto adorando ele. Ele rejeita, talvez em retaliação a rejeição que recebeu por Clementine, porém, ele não é má pessoa, e no final, tenta se redimir com o garoto.

Aasim



Sem muito destaque, Aasim tem um pequeno contratempo com outro jovem do grupo. Ele tem uma queda por Ruby.

Willy


Também sem grande destaque, ele tem um pequeno desentendimento com Aasim. Ele é amigo de AJ.

Abel



Por incrível que parível, ele ta vivo. O maldito conseguiu sobreviver aos mortos vivos que praticamente o devoraram, apenas cortando o braço, e já retorna pra botar pra fud3r (vai entender).

Lilly



Porém, a surpresa mais surpreendente de todas as surpresas é o fato dela, Lilly, estar viva! Ela, que foi abandonada na estrada por Lee, la na primeira temporada, retorna pra mostrar que vilão bom, é vilão morto. Lilly sobreviveu, e hoje é uma sequestradora de crianças, que as converte em militares pra uma guerra particular. Ela ta junto com Abel alias.

Detalhe, se você não lembra, Lilly é filha daquele cara irritante que Kenny esmagou a cabeça, la na fazenda dos canibais. Aquela moça que atirou a sangue frio na mina do Lee, que ele misericordiadoramente optou por deixar no meio da estrada pra se virar sozinha. Ela realmente se virou, e se encontrou depois de muitos anos com Clem.

James



Mas, como se não bastassem as surpresas, que tal um Sussurrador!? E não, não é um personagem genérico que parece com um sussurrador, ou que usa métodos semelhantes, não. É um Sussurrador que saiu do grupo recentemente por causa da guerra, travada contra Rick Grimes e os demais, pra variar, um jovem rapaz da idade de Clem aparentemente.

Ele é um aliado? Ele é um inimigo? Saiba disso e muito mais a seguir, com a história de The Walking Dead!


Existem outros personagens, alguns que apareceram no outro episódio, mas sem praticamente importância alguma.

Historia



Tudo começa com Clem e AJ conversando sobre o que houve na noite anterior, e AJ questionando porque todos estavam bravos se ele fez o certo. Mas Clem explica que não era preciso matar o Marlon, e que por causa disso os outros estavam assustados.



AJ decide que tentará se desculpar, e eles são convidados a participar do velório de Marlon e Brody, por Tennesse, apesar de nem todos estarem de acordo com isso.



Ao chegarem, Louis fica injuriado com a presença deles e deixa o local, e Mitch confronta Clementine, exigindo que ela seja expulsa junto com AJ. Porém, Violet sugere uma votação, para que através da democracia fosse decidido se eles ficariam ou sairiam.



AJ tenta mostrar que sente muito, e pede pra não ser mandado embora, mas, nem todos enxergam isso com bons olhos.


Então a abertura rola.


AJ ta puto da vida por causa da votação, e a possibilidade de Hadd... digo, dele acabar sendo expulso.



Depois que Clem o acalma, ou tenta, dizendo pra ele respirar fundo e contar com a sorte, Violet e Louis aparecem com o resultado, informando que eles foram expulsos pela maioria dos votos.



Eles oferecem escolta até o ponto mais seguro da floresta, porém Louis pede a arma de AJ, por segurança, que Clem se recusa a permitir (afinal é estúpido isso).


Eles então são levados até o limite da zona segura.


E deixados para sobreviverem, sozinhos, novamente (Clem e AJ dão conta do recado de boa).



Porém, não demora muito e surge Abel, com seu braço decapitado, em plenos pulmões, chamando por Clem e seu afilhado.


Ele havia visto eles e seguido, e agora queria que eles se revelassem de bom grado, para fazer um acordo.


Clem não deixa ele atacar, já o pega de surpresa, desarma e derruba.



Porém ele não estava sozinho, e alguém rende a garota por trás, com um rifle, jogando ela no chão e pisando em seu pescoço.



Abel desarma AJ, e passa a ameaça-lo, dizendo que se Clem não colaborasse, ele levaria o garoto e não ia ficar nada bem pra ele. O acordo, era leva-los até a comunidade das crianças, para eles pegarem quantas crianças quisessem.


Clem se recusa a colaborar, apesar de começara ceder pras ameaças à AJ.


E ai, ao ouvir o nome dela, Lilly, quem estava pisando em Clem, reconhece a mocinha.



Inicialmente ela tenta ser prestativa, tenta recomeçar, mas acaba mencionando Lee, e o que ele fez com ela, e como ele estaria decepcionado por Clem ter desperdiçado tudo o que ele fez por ela, e provavelmente sua morte, pra ela morrer por causa de um pirralho, que provavelmente teria o mesmo destino.



Clem não fina nada satisfeita com o que esculta, e logo começa a se revoltar com Lilly, apesar de reconhece-la. Ela era alguém de seu antigo grupo, e tinha matado a Charlie, mas, ainda era alguém do antigo grupo...


Então, ao longe, Clem avista Violet e Louis se preparando pra atacar, e grita pra eles correrem.


Ela e AJ aproveitam pra correr também, mas Lilly atira em AJ, que corre com a barriga sangrando.



De repente, surgem vários errantes, e distraem o casal de vilões, dando espaço pra Clem e AJ se afastarem e esconderem.


Mas, Clem acaba tendo de lutar contra os errantes também.


Para proteger AJ, fraco e caído.


Ela passa a matar os errantes que surgiram do nada, um atrás do outro.


E quando começa a pegar o jeito da coisa...


Um dos errantes tampa sua boca e sussurra pra ela ficar quieta, o que a assusta.


Ele pega uma pedra, e joga longe, o que chama a atenção dos demais errantes, que se afastam.


E assim, ele pede pra Clem carregar AJ e segui-lo.



Ele leva eles até seu acampamento improvisado na floresta, e segura AJ, pra Clem tirar os estilhaços da bala do corpo do garoto.


Por sorte, nenhum deles perfurou muito, e o ferimento não estava tão feio...


Depois de tirar os estilhaços e tampar o ferimento com fita, Clem leva AJ até a fogueira do sussurrador.



Eles conversam, e ele se apresenta como James, dizendo que fazia parte do grupo dos Sussurradores, os quais aprenderam a viver em meio aos errantes.


Ele então tira sua máscara de pele de morto, confiando em Clem, e pergunta de onde ela veio.


Daí, quando um errante aparece, ele pede pra Clem não mata-lo, e sim apenas distraí-lo, e ela respeita isso.



Ele conta que mandou os errantes pra ajudar Clem e AJ, e que estava contra Abel e Lilly, além de explicar o destino das crianças que eles raptavam. Fala sobre a guerra que ta havendo entre algumas comunidades, fala do que afetou seu grupo, e que em outra guerra o grupo de Lilly esta juntando um exército treinando as crianças, e ele queria impedir.



Aí AJ passa a ficar mais sonolento, e queimar em febre, e Clem diz que precisa medica-lo o quanto antes. Além disso, ela conta da escola, e que precisa ajuda-los a se defenderem de Lilly e Abel.


James pede pra ela confiar nele, e descansar, junto com AJ, pra no dia seguinte voltarem até a escola. Ela confia.


No dia seguinte, Clem carrega AJ, porém ela acaba sofrendo um pouco com o peso dele.



Perto dos portões da escola, Willy avista o errante com Clem e AJ e atira, mas não acerta, e ai vai chamar os demais.



James prefere se despedir de Clem, por não estar preparado pra se juntar com outra comunidade, e volta a andar com os mortos.



E Clem fraqueja, cansada de carregar AJ. Louis que estava enrolando no portão, abre com pressa e corre pra ajuda-la.


Ele carrega AJ, envergonhado por ter feito pouco pelo garoto ferido.


Dentro da escola, eles levam AJ para Ruby tratar.


E Clem implora pra ele ser forte.



Enquanto ele é medicado, ela vai conversar com Violet, e conta sobre tudo o que houve, falando não apenas de Abel ainda estar vivo, como dele ter um grupo grande, e que eles iriam provavelmente atacar a escola algum dia, pra sequestrar as crianças e montar um exército. Ela também fala de James, quando questionada sobre o errante misterioso, afirmando que ele era confiável, mas que foi embora.



Então, Clem sugere que eles defendam a escola, ao invés de fugirem ou se entregarem, com arames farpados nos muros, barricadas nos portões, e armadilhas.



Quando Mitch aparece pra repreender Violet por ter aberto os portões pros exilados por votação, indo contra o que já tinha sido decido. Mas, Clem se defende falando de AJ, que ele tava ferido, e que tinha um perigo muito maior se aproximando.



Pra apaziguar, Violet decide mandar Clem e Mitch pra buscarem arame farpado na estufa abandonada, o único local da escola que ninguém voltava. Ruby que já tinha terminado de cuidar de AJ se oferece pra monitora-los e evitar uma guerra.


Assim, os 3 vão até o lugar proibido da escola.


No caminho, Clem vê Louis se desculpando com AJ enquanto ele repousava.



Na estufa, eles explicam que uma pequena horda invadiu a escola e eles prenderam todos os errantes la, e nunca mais voltaram. Era perigoso entrar...



Então, após um pouco de pressão de Mitch, Clem se oferece pra entrar pela claraboia e eliminar os errantes la de dentro.


Ela sobe com ajuda de seus amigos, e pula sem medo.


La, ela consegue uma faca, e a usa pra derrotar alguns errantes que se levantam pra hora do almoço.


Depois ela abre a porta que estava trancada por dentro, e eles começam a procurar por recursos pra defender a escola.


Mitch encontra bastante fertilizante, e tem a ideia de criar bombas, mas precisava de mais algumas coisas.



Eles também encontram os arames farpados, mas pra ajudar Mitch com os explosivos, buscam na ala de compostos químicos da estufa, abrindo uma porta bloqueada por uma estante.



Ao fazer isso, descobrem que uma antiga amiga de Ruby, a enfermeira da escola, quem lhe ensinou tudo o que ela sabia, e a única adulta que tinha ficado pra trás, com as crianças, tinha morrido as protegendo, mantendo as portas fechadas para que os errantes não saíssem, e virou fertilizante para plantas.



Ruby fica mal pacas, mas eles continuam buscando pelos compostos que Mitch precisava. Ele tinha conseguido um acendedor, e precisava de Profano (gás de cozinha).


Eles conseguem achar, depois de também encontrar algumas ervas, cogumelos e pás.



Aproveitando a pá, Ruby pede para que enterrem a enfermeira, ali mesmo, na estufa. Porém Mitch é contra, diz que é um desperdício de tempo e energia com um morto-vivo. Mas, Clem decide ajudar Ruby, e ela fica muito grata com isso.



Assim, eles levam o que encontraram para a casa principal, pra começar os preparativos pra se defenderem dos adultos.


Ao anoitecer, Clem vai checar AJ em sua cama, que estava se recuperando.



Louis aparece, pra ver como ele estava, mas ao ser questionado se ele ainda era um amigo, fica em cima do muro e se afasta. Ainda assim, ele traz 3 camisetas pra AJ, pra substituir aquela que foi rasgada.



Clem precisa escolher qual ele usará, sendo uma com o Brócolis Baladeiro, desenho que AJ nunca assistiu, mas adora. Outra de um time que Marlon torcia, e usava a mesma camiseta, e uma de um desenho que Tennesse curtia, mas AJ desconhecia. Clem acaba escolhendo a do Brócolis pois é a que AJ mais gosta.


E assim, ela encerra a noite.



O tempo passa, e a câmera mostra o quarto e todos se movendo bem rápido, enquanto preparam a escola para se defenderem, e AJ se recupera.


Depois de 2 semanas, todos os preparativos estavam em seus lugares, e AJ já estava bem.


Então, Clem tem um pesadelo.


Ela sonha que está no quarto, e acorda ao ouvir o choro de um bebê, ela segue o choro e vê um cavalo no corredor.


Ao seguir o cavalo, ele aparece morto, e ao fundo o bebê continuava chorando, com muito fogo atrás da última porta.


Ela avança, com medo...


E ao abrir a porta...


Acorda.



AJ diz que ela estava tendo o mesmo pesadelo de antes, da época da fazenda. Novamente, eles mencionam, sem dar grandes detalhes, o local em que ficaram após o resgate de AJ por Clem. AJ então fala que fará de tudo pra compensar tudo o que Clem faz por ele, pra que ela possa ficar em paz.



E ai ele decide ficar de vigia a noite inteira, bancando o cara bravo, enquanto Clem percebe o quão maluquinho seu garoto era.



No dia seguinte, apesar de cansado, AJ precisa ajudar nos trabalhos da comunidade. Eles haviam sido aceitos de volta, pelo menos até o ataque dos adultos ocorrer e eles ajudarem.



Violet estava gerenciando tudo, mas já tava de saco cheio de Louis que sempre fazia corpo mole, e acabava priorizando outras coisas além de suas tarefas diárias, algo que Marlon também tinha de lidar.


Então, enquanto Violet faz o trabalho de Louis, ela pede pra Clem checar as coisas por ela.



Clem conversa com Louis, que estava treinando com o Arco e Flecha de Marlon, e diz que já iria fazer suas tarefas, só queria verificar sua mira antes.



Ele aproveita o momento pra pedir desculpas pra ela, diz que pegou pesado com AJ, e que não deveria ter culpado eles pelo que Marlon fez, mas, ele estava tão mal na época, tão confuso com o que seu amigo tinha feito às gêmeas, e o que ele tinha escondido, que não se controlou. Clem acaba perdoando ele, e em troca, ele entrega o arco de Marlon, pedindo pra ela treinar um pouco, já que ele era péssimo.


Clem verifica mais das defesas da escola, checa as barreiras que afunilariam quem entrasse pelos portões...


E então vai checar Mitch e suas bombas.


Ele explica como elas funcionam, e que só precisava testar, pedindo pra Clem fazer as honras. Porém a bomba falha.



Ele fica bravo, diz que não precisa que Clem o atrapalhe e tem que se focar em fazer essas bombas funcionarem ou tudo vai dar errado, mas depois ele agradece ela, diz que foi bem legal a ajuda que ela deu, e que só precisa de um tempo pra se concentrar no projeto.



Então, Clem vai ver como AJ e Tennesse estavam, os quais ficaram observando e fazendo a vigia, pra caso algum adulto aparecesse eles já se preparassem pra começar a defesa.



Depois, Clem visita o cemitério, e encontra Rosie, ainda triste a acoada no túmulo de seu amigo. Clem tenta anima-la, e consegue, fazendo carinho nela sem medo. Depois disso ela volta a se deitar.



Assim, Clem retorna pra Violet e fala como tudo está, e ela não fica muito feliz em saber que nem tudo estava 100%. Ela até fica meio agressiva, mas é bem passageiro e logo se acalma.



Então, Aasim e Willy aparecem discutindo sobre qual armadilha iriam construir dentro da casa. Aasim queria fazer uma rede com blocos, e Willy queria por uma tora grande. Aasim tinha debochado da ideia de Willy pois ela era muito individual e só acertaria 1 adulto se funcionasse, já a dele pegaria vários. Mas, ao pedir a opinião de Clem, ela apoia a ideia de Willy, o que deixa Aasim bem irritado.



Ele desconta a raiva em Willy, diz que ele só tem ideias infantis e idiotas, e Willy ao invés de responder, da um chute nele e corre, chateado.



Por causa do clima tenso, Louis convida a todos pra jogarem cartas e se acalmarem. Ele faz isso focando em Aasim, que também tinha ficado chateado e no canto.



Dessa vez, AJ e Tennesse participam do jogo também, mas não é como o anterior. Agora, o jogo é de Verdade ou Desafio, e aquele que tirasse a maior carta faria uma pergunta pra quele que tirasse a menor.



Logo de cara, Clem tira a menor, e Violet a maior, e ela pergunta quem Clem pegaria, casaria e mataria, dando apenas três nomes pra ela escolher: Ruby, Aasim e James, o sussurrador. Independente da resposta, Clem fica bem envergonhada, mas ela escolhe pegar Ruby, casar com James e matar Aasim, que fica até aliviado.



Depois, Clem pega a maior carta, e Aasim a menor. Ela desafia ele a beijar Ruby, e ele toma um tapa na cara. Nessa parte eles já tinham zoado ele por ele ter uma queda por Ruby... mas ele não parece ficar bravo com isso.



Depois, Tennesse tira a carta menor, e é questionado sobre o que ele pensa do futuro. Ele começa a filosofar lindamente, dizendo que o que eles estão passando é apenas uma era, como a era do gelo, era da pedra, etc. E que um dia tudo seria apenas história, e os mortos não andariam mais.



Todos ficam espantados com a profundidade dos pensamentos de Tennesse, e então, eles decidem encerrar a noite. Louis diz que irá treinar uma música e precisa de ajuda de Clem, e Violet diz que irá pra um observatório especial e gostaria que Clem fosse com ela. Assim, ela precisa decidir quem acompanhar.


Ela segue Violet, é claro.



Numa torre que tinha sido incendiada, as moças escalam sem medo, enquanto conversam sobre comidas antigas pra descontrair e esquecer da altura.


La no topo, passam a observar a escola, e as estrelas, e conversam sobre constelações.



Ambas se sentam, e Violet sugere que elas criem suas próprias constelações estelares, afinal não conheciam o nome real de nenhuma.



Elas passam a olhar para o céu, e desenhar nas estrelas, enquanto tentam imaginar o signo respectivo de cada constelação, e a personalidade de quem tinha tal signo, além de relacionarem a alguém que conheciam. O Peixe, seria AJ, agitado, feliz, e meio misterioso.


A faca, seria Clem, forte, afiada, prática.


E o pássaro, seria Violet, livre, sonhadora, leve.



Ela desabafa pra Clem, dizendo que sempre quis ir pra longe, fugir, mas que depois que ela apareceu, só pensava nela, e não queria se separar. Ela diz o quanto ficou com medo de perdê-la no dia da floresta, e que não queria que ela fosse embora jamais.


Daí Clem a beija.



Ambas decidem deixar rolar, e ficam juntas... é fofo. Mas ai da o horário de Clem assumir o posto de vigia e ficar nos muros com AJ.



Ela fica com seu afilhado, e ambos conversam um pouco sobre os erros de AJ, como sempre. Porém, dessa vez AJ diz que quer matar Abel.



Clem tenta repreender o garoto, mas ele insiste que quer ser aquele que porá um fim em Abel, pra evitar que ele faça maldades com os outros, e Clem acaba permitindo isso, na sorte. Eles jogam pedra papel e tesoura, e AJ só joga tesoura (e eu perdi kkk).



Ele faz a dancinha da vitória (muito fofa kkk) e então Clem diz que ele poderá dar o golpe final em Abel, mas que tinha que pensar bem antes de agir pois nem tudo era tão simples assim.


Eles continuam a vigia, e ai notam os adultos se aproximando. Era a hora da luta.



Todos se reúnem, e depois de semanas aguardando, estava na hora de defender o lar. Clem começa a discursar, o jogo da umas bugadas visuais, e ai...



Omar toma um tiro na perna, interrompendo o discurso de Clem. Sim, Omar, o cozinheiro, tava ali em algum lugar... e aparece pra tomar um tiro, só isso.


Clem leva ele pra um local seguro, enquanto os adultos começam a atirar e atacar.


Eles arrombam o portão, com uma carroça para levar as crianças.



E então param no meio do pátio, meio assustados pelos preparativos, pedindo pras crianças aparecerem e se entregarem pacificamente, e ninguém se machucaria.



Clem se levanta, e aponta uma flecha pra Lilly, que por sua vez diz que ela pode atirar se quiser, mas tinham muitos adultos, e armas além dela, e Clem só tinha uma flecha.



Ela começa a falar que, seria melhor as crianças se entregarem, que as outras que ela levou estavam felizes, e menciona as irmãs de Tennesse, dizendo que elas queriam vir mas tiveram um contratempo.



Na hora, Tennesse decide se mostrar e perguntar sobre suas irmãs, se aproximando de Lilly, que diz que o levará até elas, desde que ele se entregue e entregue a posição de seus amigos.


Mas ele mesmo começa a perceber a hostilidade na voz de Lilly, e fica assustado, pedindo ajuda pra Clem.



É ai que tudo explode. Mitch tinha instalado uma bomba enquanto Clem distraia a todos, e a detonou perto da carroça.


Ele salva Tennesse e corre pra atacar e matar Lilly... porém...


Ela enfia uma faca em seu pescoço e depois em seu crânio.


E da sinal verde pra seus capangas matarem geral, e levarem quem sobrar.


Eles começam a atacar, mas Clem tenta defender seus amigos, com o arco e flecha.



Depois de bastante luta, as crianças recuam pra dentro da casa principal, conforme o plano original. Eles se defenderiam de dentro da casa no final.


La, os adultos invadem e começam a vasculhar, acionando a armadilha de Willy.


Que pega um em cheio e mata na hora.


Daí Abel fica irritado, pega um coquetel molotov e começa a tacar fogo na casa.


Clem e AJ se isolam em um dos quartos pra fugirem das chamas...


Mas Abel vai atrás.


Ele provoca Clem, começa a lutar contra ela, e diz que a matará, e matará AJ.


Mas AJ ajuda na luta, e ela consegue se libertar...


Depois o empurra pra janela, numa varanda, apesar de AJ gritar que o golpe final era dele.


Clem tenta empurrar Abel, mas ele puxa ela...


E ambos caem, com Abel amortecendo a queda com seu corpo, e quebrando a perna em várias partes.



Ao se levantar, Clem é pega de surpresa por Lilly, que aponta uma arma pra ela e diz que atirará sem hesitar. Clem não tem medo algum, e até provoca a mulher.


Quando Louis pula nela e desarma Lilly, salvando Clem.


Abel tenta segurar a moça, e impedir que ela ajude seu amigo...


Mas Rosie aparece e morde ele no braço com toda a agressividade possível, pra salvar sua amiga.



Daí, alguns errantes passam a entrar pelos portões, e os adultos ficam cercados pelos dois lados, com crianças assassinas e mortos vivos.



Eles decidem bater em retirada, fugindo com as crianças que conseguiram, e Clem precisa salvar Louis ou Violet. Ela decide salvar Violet.


E Louis é sequestrado.


Então, Lilly foge, deixando alguns errantes na escola... 


E criando uma barreira de fogo pra impedir que as crianças os seguissem.


Clem e os outros lutam pra acabar com os mortos vivos...


E conseguem, mas não cantam vitória.


Todos estavam assustados, Tennesse se sentia culpado por ter entregado sua posição...


Mitch tinha morrido, as crianças estavam completamente perdidas.



Era uma situação de guerra, e pra piorar, alguns tinham sido levados. Violet sugere que eles fossem ao resgate mas, eles não sabiam nada sobre o acampamento dos adultos.


Assim, Clem diz que eles tem como descobrir.


Olha pra Abel, que está amarrado em um poste...


Ainda vivo, e consciente. Ele iria leva-los até os adultos.


Fim

Por fim, temos a situação na qual os personagens se encontram. Dessa vez não tem as Escolhas Mais Importantes, pois a Telltale... bem... eu falarei melhor depois.

James se sentiu Confiável.


O garoto Sussurrador gostou de Clem não ter ficado com medo dele, e ter confiado nele.

Mitch morreu.


No fim, ele tenta ser heroico e acaba pagando com sua vida, mostrando que Lilly é um vilão real.

Violet ficou Vingativa.


Ela ta feliz por ter tido seu amor correspondido por Clem, porém agora ta querendo por fogo nos adultos.

Louis foi Sequestrado



Provavelmente ele ficou puto por ter sido deixado de lado, mas depois vai dar pra explicar, eu espero. Seria muito pior abandonar Violet.

AJ está Arrependido.


Ele fez bastante bobagem mas, agora ta conseguindo se redimir.

Tennesse se sente Desanimado.



Ele provavelmente se sente culpado pelo que houve com Mitch, mas também está curioso quanto a suas irmãs. Tennesse é um mistério.

Abel foi Capturado.



Um braço a menos, uma perna quebrada, um braço mastigado por um cachorro, e jurado de morte por um molequinho vingativo... ele ta ferrado.

Ruby está Grata


Ela virou uma aliada de Clem e AJ, depois de receber ajuda, e claro, depois de ter visto que eles não são maus.

Lilly está Desconfiada.


Ela suspeitou de Clem desde o começo, um traço clássico de sua personalidade. Ela vai ser problema... 

Alias, será que Lee retorna!?

Geral ta Horrorizado.



Omar foi levado, Aasim também, Rosie defendeu Clem e Willy ta tremendo na base, mas sua armadilha funcionou. 

E estes foram os colecionáveis que obtive... mas será que servirão pra algo? Agora que a casa pegou fogo.


O Futuro

Bem, o futuro de TWD ta incerto pra caramba, ainda mais com a situação atual da Telltale Games.



Pra quem não sabe, eles faliram, tecnicamente. Eles demitiram geral e isso gerou uma pá de problemas, onde a empresa simplesmente acabou. 

O problema é que, ainda faltam 2 episódios pra temporada final de TWD encerrar, e eles tem até data de lançamento! Só que, como a empresa faliu, é de se imaginar que eles não continuariam certo?

Chegaram a divulgar que o jogo foi removido das lojas virtuais, mas na real, o problema que a Telltale enfrenta é bem sério. O jogo já está pronto, razão pela qual tem data pra cada episódio sair, mas eles são todos creditados com os nomes das pessoas que foram demitidas! Daí, como faz? Como proceder? 



Imagino que ao invés de apenas tirar o jogo de mercado, eles vão lançar todos os episódios como anunciado originalmente, inclusive eles disseram que não cancelariam TWD independente do que ocorresse com a empresa, e eu confio nisso.


The Walking Dead Final Season é de fato a cartada final da Telltale. Antes, eu jurava que era markenting, cheguei a supor que TWD seria o Final Fantasy da Telltale, mas agora... bem... creio que é o final mesmo... lamentavelmente.

Logo agora que o jogo tava ficando bem mais louco, bem mais interativo e poxa, dublado! É triste mas, um dia tudo acaba né.

Agora o jeito é esperar até 6 de Novembro e torcer pra ver o que vai acontecer.


A pior parte, é ver que eles encerraram o suporte a pesquisas com jogadores, por isso não tem as decisões mais importantes... triste de mais.

Bem, é isso.

Até a próxima... se houver.

4 comentários:

  1. Vlw pelo post man. Sempre nota 10! Sei que é um jogo antigo... mas posso ter esperanças quanto a história do Dead Space? sonho com isso hehe. continue assim man!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu não fosse tão covarde pra jogos com jumpscary e se os controles da arma não fossem tão travados no PC, já teria zerado e analisado o Dead Space. To com os 3 aqui na máquina esperando pra serem zerados, mas falta um pouco de coragem mesmo. Mas um dia, terá!

      Sr Ivan, obrigado por ler e comentar, isso me da um baita incentivo.

      Excluir
  2. SHOOOOW!!!QUE VENHA PRÓXIMO

    ResponderExcluir

CadastroMorte

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner