O Filme Achado de Hoje: Avenida do Terror 388

Um filme found footage que convence, se desconsiderar a sorte do criminoso.



Boa leitura




Esse filme é do gênero que mais amo, porém não tem nada de sobrenatural. É sobre um psicopata stalker, e apesar dos pesares, ele até que é bem realista.

Tirando é claro, o fato do psicopata ser basicamente um técnico de instalações de câmeras secretas, que consegue inserir câmeras em tudo quanto é buraco, da pra acreditar nas situações e isso, é louvável.


Em resumo, acompanhamos um casal que foi escolhido como vítima, e assistimos eles da perspectiva do vilão. Nós não sabemos as intenções do cara, não conhecemos os motivos, nem até que ponto ele é capaz de ir, e isso cria um clima de tensão fortíssimo.


O suspense é grande, principalmente quando a moça simplesmente some, e o marido entra em desespero. Não há nenhum sinal de pra onde ela tenha ido, ou do que aconteceu com ela, apenas ela some, e o stalker assiste as consequências desse pequeno ato, mas ele não fica parado.


Ele gosta de provocar as vítimas, fazendo elas pensarem no pior. Ele fica mandando CDs com músicas bizarramente mixadas, e tem o costume de invadir a casa, mesmo já tendo câmeras por toda parte, escondidas, ele adora ir la e observar o pessoal enquanto dorme, de perto.


Ele está sempre de carro também, estacionado perto, filmando com sua câmera de mão. E sim, o cara tem uma porrada de câmeras, com direito a captura de som, e mesmo assim, ninguém percebe!


É interessante, ter tantos pontos de vistas diferentes, mas é implausível. Tem câmera até dentro de um relógio despertador digital mano! Como ele colocou? Quanta grana ele gastou? Quanto tempo dedicado a essa ação, que poderia ruir com um simples olhar mais atento das vítimas?


De fato, tem câmeras poderiam ser descobertas a qualquer momento, mas o assassino é tão sortudo, que não são, nem mesmo quando são atacadas, acidentalmente. 


Alias, apesar dele ser um observador, ele comete assassinatos, mas nada é explícito, pelo menos não pro espectador (tirando o gato decapitado e o final).


Quando finalmente descobrimos o que houve com a moça, poxa, é de aterrorizar.


E o mais interessante é que ele se mantém no total sigilo, mesmo no desfecho, quando entra em contato direto com sua vítima. O cara observa, provoca, mata, e no fim sai impune. É o criminoso perfeito.


Mas, repito que tudo é com base no fator Sorte. Os personagens são todos bem idiotas e inconsequentes. O cara protagonista é estressado e comete uma série de erros por burrice, como na parte em que ele simplesmente ataca irracionalmente, um ex amigo de escola, por achar que ele era o stalker. 


Tem partes idiotas no filme, como a parte em que o protagonista pega uma câmera e deixa filmando a varanda de sua casa, pegando o assassino todo encapuzado entrando, mas não saindo. O cara procura pelo invasor, ciente que ele tava ali na sua casa, e até a polícia ele chama. Mas no fim, nada é encontrado.


Mano, que tipo de policial vê a filmagem de um invasor encapuzado e simplesmente não faz nada? Não tinham vizinhos que viam um cara todo suspeito entrando e saindo livremente de uma casa? É inacreditável a facilidade com a qual o stalker se movimenta sem ser percebido, quase como se fosse um fantasma.


Mas, o que importa é que no fim, todo mundo se da mal, menos ele, e ele ainda faz o favor de compartilhar seus feitos com as filmagens que ele mesmo recolhe e edita. Detalhe: Ele começa a gravar as próximas vítimas, e dessa vez são uma família com crianças... bizarro né?


A ideia do filme é quase a mesma de "Creep", onde o stalker é um colecionador de vítimas, e registra tudo pra colocar em sua estante. Mas, Creep é melhor.



Enfim, se quiser assistir, suspenda a descrença e curta.


See yah.


Postar um comentário

4 Comentários

  1. Aqui morte, lembra que falei sobre terem legendado o filme do jogo japonês super adventure Rockman?

    Tem pronto aqui, bem que você poderia fazer um Review , por que o filme do jogo já é o suficiente pra entende o jogo inteiro

    https://youtu.be/DmKhywsmSp0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, eu vou analisar. Valeu pelo toque sr Roberto.

      Excluir
  2. Adoro psicopatas e serial killers! Digo... obras sobre eles, rs. Esse artigo me chamou a atenção para o filme, não sei se eu assistiria. O problema é justamente pelos protagonistas serem tapados. Isso me irrita de uma forma que cê não tem noção! Tipo aqueles filmes de terror, geralmente com uma mulher loira (nada contra hein), que ao invés de se esconder ou procurar ajuda, fica lá à mostra chamando a atenção do assassino. Só fico gritando mentalmente "Sai daí, sua anta!". Mas não sei por quê não me ouvem...

    Enfim... outra coisa é que o tal stalker coloca câmeras em tudo quanto é lugar. Como ninguém percebe? Como ele tem tanto dinheiro pra gastar com isso? Tem uns diretores/roteiristas que acham o espectador é trouxa, né? Num é possível, minha gente.

    De qualquer forma, acho interessante ficar observando a vida alheia sabendo que o assassino também está a espreita. Talvez eu assista, hein. Verei e volto a comentar aqui sobre o que achei.

    Obs.: E essa capa? Plagiaram Atividade Paranormal na cara dura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como ass... ah ta... que susto sr João, certos gostos são únicos mas ai é ir longe de mais... kkk... Bem... Fico feliz por ter gostado do artigo... e espero que goste do filme.

      Uma observação: Sr, eu sou daqueles que acha todo filme de psicopata ridículo quando a vítima tem a chance de mata-lo, e foge. Não é o caso desse, pois eles nem se encontram, mas é só um comentário... vira e mexe a loirinha (fazer o que, é uma conversão hollywoodiana clichê) ou o boyzinho sempre tem a chance, em algum momento, de descer uma machadada no psicopata e o deixa vivo... isso é o mesmo que assinar seu testamento! Na minha opinião, quando o psicopata cai, é hora de esmagar sua cabeça, desmembra-lo e triturar o que sobrar, só pra garantir (... imagina se for só uma pegadinha Oo)

      E sim, a capa deve ter ido na onda. Só tem uma cena no filme que faz alusão a ela, e nem faz sentido pra ser sincero.

      Excluir
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)