ArquivoMorte

PesquisaMorte:

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

AnáliseMorte: The Walking Dead - A New Frontier - 4º Episódio

Sem delongas, bora pra quarta parte!





Eis as anteriores: Episódio 1Episódio 2, Episódio 3

Este post é adaptado às minhas escolhas. 
A história contém spoilers modelados pelo meu estilo de jogo.

Boa leitura!


Esse episódio é o quarto e eu decidi fazer uma mudança. Resolvi jogar pelo Controle de Xbox ao invés de teclado e mouse, pra ver as diferenças... e fiz algumas descobertas.

No controle, o jogo fica realmente mais dinâmico. Como há 4 botões de ação, ficar revesando entre eles de fato funciona pra aumentar a dificuldade e variedade de opções na hora da ação, o que funciona bem, muito bem na verdade.



Pra andar, se usa o analógico esquerdo e pra mover o ponteiro pra clicar nas coisas, se usa o direito. Isso também contribui na dinâmica, dando mais ações, nos momentos de ações. 



Ainda tem os botões de cima do controle (RT) que acabam sendo usados pra andar mais rápido e pra ações no quick time também, logo, mais botões.

Acho que esqueceram que um teclado tem todas as letras do alfabeto e o mouse tem 2 botões e um scrol, e otimizaram o jogo para Controles... ainda assim, não da pra pausar o jogo no controle! Apenas no teclado.



Pausando o jogo pelo controle, pelo Start, vai pro menu, o que não é a mesma coisa que no teclado, logo, teclados vencem nesse quesito.

Mas é bem mais divertido jogar no controle, eu confesso, e da pra retirar algumas das críticas que fiz quanto a jogabilidade genérica... mas o resto continua igual.



A forma de Decidir muda também, na hora de escolher ao invés de clicar na escolha, precisamos apertar o botão respectivo, e isso ajuda a diferenciar as opções, por incrível que pareça. Mas não afeta a história em nada, apenas deixa a jogabilidade mais fluente.



Por fim, de resto, tudo continua a mesma coisa. A história avança, e decisões são tomadas, muitas das vezes não resultando em nada muito sério, outras vezes gerando eventos bem diferentes, com direito a grandes decisões importantes no final de cada episódio... mas agora, como estamos no 4º episódio, algumas escolhas la do comecinho começam a surtir efeito, e é um absurdo como não é nada de mais.

Sabe o cara que eu deixei fugir la no primeiro episódio? Sabe qual é a consequência? Ele me xinga, aponta uma arma pra mim e me mantém preso, independente do que fiz. 



E essa é uma decisão "crucial" do primeiro jogo. Faz sentido?


Bem, quanto aquele esquema de cada episódio começar no passado, se mantém igual, e dessa vez é um evento muito antes do apocalipse começar, que mostra os dois irmãos interagindo. É breve, e adianta pra esclarecer algumas coisas.



De quebra, os flashbacks da Clem ainda rolam, e agora é um que estabelece o tempo dos eventos antes mostrados em sua memória. Cara, tudo rolou em apenas 1 mês, a perda de Kenny e AJ, e isso é bem tenso.



Enfim, bora pros personagens.

Javi




Ele é um cara que sempre buscou ser honesto e decidir em prol dos outros, mas infelizmente, fazer o bem nem sempre é o certo, e agora ele vai ter de pagar por isso. Bizarro né? Pois é, Javi também sempre teve la seu lance com Kate e finalmente, eles vão chegar a uma decisão, mas o mundo de TWD é todo dramático então, quanto tudo começa a dar certo, é porque não vai terminar bem.

David




David já havia falado com seu irmão, no passado, sobre os problemas que ele tinha com a família e com Kate. Eles não estavam bem, então no final das contas, Javi não estava o "traindo". Difícil será seu irmão lembrar dessas coisas nos tempos atuais.

Gabe




Ele está bem mais corajoso, e muitas vezes é um garoto muito útil, ao mesmo tempo que pode ser um grande pé no saco. Tem coisas que ele faz que salvam Javi, e outras que o condenam e quase matam ele. É difícil saber se odiamos ou amamos o guri, mas o que importa é que Clem sabe muito bem o que sente por ele... eu acho.

Joan




Ela manipula toda a comunidade e cria uma situação muito, mas muito problemática. Joan é um perigo pra todos, e consegue destruir tudo com suas ideias distorcidas. Ela é o novo vilão, com toda certeza.

Kate




Ela se recuperou, finalmente, mas esta tentando a todo custo fugir, talvez por medo de David, talvez por querer o melhor pra Gabe, mas com toda certeza uma de suas motivações é Javi. Ela finalmente se declara pra ele.

Eleanor




Fiquei decepcionado, ela acaba traindo todos sem motivo algum. Porém, isso comprova que ela de fato sabotava geral, pelo menos seu caráter real é revelado. 

Tripp




Ele tenta se declarar pra Eleanor e se da mal. Tenta bancar o esperto e se da ainda pior. Ele só comete vacilos e no fim, mesmo sendo perdoado por tudo, ainda se da mal.

Ava




Ela é muito leal, e apesar de ter um rosto bravo e suspeito, é uma pessoa doce e confiável. Ela permaneceu sendo amiga de Clem mesmo depois de tudo o que houve com AJ, e ela ajudou Clem a superar isso e não fazer nenhuma bobagem. Além disso, ela ajuda Javi e David, correndo riscos por eles, e no fim quase se da muito mal.

Clem




Clem está passando pela fase que toda garota de sua idade passa: Ela está virando mocinha. Sem entender o que acontece com seu corpo, ela confia em Javi para explica-la e, de certa forma, ele a ajuda bastante, mas depois a direciona pra Kate pros detalhes. Clem ta crescendo... 

Kenny




Ele reaparece, em um flashback de Clem, onde é explicado porque eles não ficaram esperando por uma vaga la na comunidade que não tinha vagas. Estava frio de mais, ele queria o melhor pras crianças, e eles decidem partir pra Flórida. É essa decisão que custa sua vida.

AJ




No mesmo flashback, AJ é fofo como sempre. Ele fica mó feliz quando Clem e Kenny se abraçam, e ninguém sabia que aquilo era uma despedida. No mesmo mês, Kenny morre e AJ é sequestrado pelos malucos da Nova Fronteira. Clem só não os caçou, pois Ava a convenceu a seguir em frente, guardando aqueles que ela amava no coração, com o Lee.

Dr Lingard




Ele desiste de lutar, desiste de viver, mas não tem coragem pra se matar. Ao ver o que Joan estava fazendo, e ao sentir que seu amigo e motivador, David, estava em apuros, ele apenas se entrega pras drogas. Lingard estava muito mal, mas antes de partir, conta o que sabe sobre AJ.

Clint




Ele é um babaca que não sabe de que lado fica. Age como sombra de Joan e mesmo não concordando com o que ela decide, e tendo poder pra corrigi-la, não faz nada. No final, ele oferece uma solução decente, mas é tarde de mais, e nem repreende sua aliada. Ele mereceu seu desfecho.

Bora pra história?

Mais Grosso Que Água




Tudo começa em um parque, com Javi e David treinando basebol. David errava todas, enquanto Javi só acertava e se gabava, e isso irrita seu irmão.




Um fã de Javi aparece, pede autografo mas, ele não era bem um fã, e queria vender a bola, mas isso é o suficiente pra deixar David ainda mais irritado.




Depois de terminar o treinamento bruscamente, algo que era só por diversão, Javi questiona porque tanta raiva e David explica que tudo pra ele era melhor.




Fica insinuando que Javi tem uma vida boa e nada pra reclamar, e começa a falar de como sente falta de fazer parte do exército, e como a família era sufocante.




Ele pensa em ir embora, voltar pro exército e deixar Kate e as crianças, alegando que o relacionamento não estava mais funcionando, e as crianças entenderiam. Ele pede pra Javi cuidar de todos por ele, e Javi, indignado, diz que tudo bem.



E então, voltamos ao presente, com os irmãos sendo trancafiados.




David começa a se culpar por todos os erros, mas Javi o conforta, dizendo que eles não podiam desistir, e estavam juntos. Era preciso lutar por Kate e Gabe e consertar essa bagunça.




Então surge Joan, pra conversar com eles. Ela vem acompanhada de capangas armados, e fala do quanto estava sendo benevolente. Fala que no dia seguinte iria promover um julgamento popular, onde exporia a verdade ao povo e iria depor David, substituindo-o por outro Chefe da Segurança.




Javi tenta dialogar mais, mas no fim, ela prefere levar David sozinho pra conversar, deixando Javi na prisão.




Javi tenta escapar, sem dar tempo ao azar, e tenta arrombar as grades de uma janela. Durante a tentativa, Gabe aparece e o ajuda.




Eles conseguem fugir, e Gabe conta que esteve procurando ele pela cidade toda. Diz que Ava os levou para outro local, pois Kate não confiava na casa de David, e eles vão até la.




Depois de conversarem bastante no caminho, eles chegam e todos se reagrupam em um apartamento. Tripp tinha acabado de tomar um fora de Eleanor, e Kate já chega abraçando Javi, preocupada com ele.




Ao entrarem, Javi explica o que houve pra todos, fala sobre Joan ser uma manipuladora, e eles começam a discutir sobre o que fazer. Kate ainda quer fugir de la, Gabe quer resgatar seu pai, Tripp quer se armar, e então Eleanor fala pra eles olharem pela janela.




Os muros da cidade estavam cercados por walkers, e era impossível fugir, só pra contrariar Kate (como sempre).




Então eles discutem um pouco mais, e decidem que buscar armas para se proteger era a melhor opção. Ava estava la e concorda, dizendo que poderia leva-los até o armazém de armas. Gabe também sabia do armazém pois seu pai tinha contado, então ele e Ava vão juntos com Javi.




Tripp pede pra ficar fora da viagem, pois precisava conversar mais com Eleanor, e Javi da um conselho pra ele, incentivando-o a seguir seu coração.




No caminho, Gabe tira algumas duvidas com relação a confiança, enquanto Ava distrai alguns guardas. Ele diz que confia nela, e que da pra saber quando alguém merece confiança pelos seus atos.




Então eles entram, encontram as armas, se equipam. Javi pega um taco, como de costume, e então eles retornam, com Ava indo na frente.



Mas, ela se afasta muito, e eles escutam outra pessoa, se escondendo.




Gabe não se segura, e sai do esconderijo pulando no cara, que era um dos guardas da Nova Fronteira, e uma briga começa. 



Javi salva seu sobrinho, atordoa o cara, mas é esfaqueado no braço nesse processo.




Ava volta por causa da bagunça, chama a atenção dos garotos encrenqueiros, pede pra colocarem o cara no armário que eles tinham se escondido, e então muda os planos, levando Javi pro médico. Como o Dr. Lingard era amigo de David, ele não recusaria um curativo e não entregaria eles.



Chegando la, Ava e Gabe aguardam com as armas, enquanto Javi vai até o consultório de Lingard.



Mas, pra variar, Lingard estava dopado.



E Clementine estava la também.




Javi fica surpreso por encontra-la, mas depois de conversarem entende. Ela precisava falar com Lingard sobre AJ, e também não dava pra sair da cidade por causa dos walkers acumulados nos muros.




Ela também diz que como Lingard estava dopado, ela precisava esperar ele acordar, e oferece seu suporte para suturar o ferimento de Javi, afinal ela já tinha feito isso no passado, consigo mesma, e sobreviveu.




Javi permite, então eles procuram por agulha e linha, mas Clem começa a ter dores fortes na barriga. Ele pergunta o que tava havendo, e ela diz que não entendia bem, mas tava sangrando. Sabia que era normal, pois em suas viagens com outros grupos soube de outras mulheres passando por algo assim, mas era novidade com ela.




Ela pergunta pra Javi se ele sabe algo sobre o assunto e ele tenta responder, meio nervoso e atrapalhado, mas diz que é natural, e que significa que ela está virando mulher, oferecendo também o suporte de Kate posteriormente, pois ela entende melhor do assunto.



Com isso, Javi procura pela agulha e linha, enquanto Clem tenta descansar.




Ele encontra, e também consegue absorventes, entregando-os pra Clem, dizendo que é exatamente o que ela precisa. Mas, ela não entende nada, e novamente, ele diz que Kate vai explicar depois.




Então ela começa a limpar o ferimento dele, e suturar. Ela agradece também pela ajuda dele, e ele decide fazer uma ressalva, falando que o que ela tava passando também significa que ela poderia ser mãe.




Com isso, ela diz que já sentia que era mãe, que Kenny falava do quanto ela tinha o dom da maternidade, e começa a se lembrar dele.




Clem se lembra da época que estava com Kenny e AJ, acampando, e felizes. Ela estava fazendo bichinhos de sombra pra AJ se divertir...



A fogueira acaba apagando, e Clem ajuda Kenny a reacender, e AJ começa a chorar.




Ela imagina que é por ela ter se afastado, mas quando se vira, tem um walker indo na direção do garoto. Ela vai com tudo e salva o pequeno.



Com isso, Kenny diz o quanto ele se orgulha dela, e o quanto ela é boa em ser mãe.




Então eles se sentam e falam sobre o futuro. Kenny repara que AJ estava pegando um resfriado por causa do frio, e diz que era melhor partirem pra um lugar mais quente e mandar Wellington se lascar. 




Eles eram uma família e precisavam seguir em frente. Kenny faz um monte de declarações pra Clem, recebe um abraço por isso, e no fim, eles ficam bem felizes.



Clem diz que enquanto eles estivessem juntos, tudo estaria bem.



No mês seguinte ela já tinha perdido tudo.



Ela vai pro barraco no qual conheceu Ava, e começa a chorar.



Mas então Ava aparece e conversa com ela. 




A moça leva uma bolsa com suprimentos, e um desenho feito por AJ. Ela diz que ele ficará bem com eles, e pede pra Clem não se preocupar.




Clem diz que não vai desistir, mas Ava a convence que era melhor seguir em frente, e guardar as suas forças pra continuar sobrevivendo. Diz que ela precisava buscar "uma luz".




Clem menciona que AJ era tudo pra ela e lembra de Lee, fala que sentia que ele sempre estava ao lado dela, e quando olhava pra AJ sentia como se Lee a aconselhasse.




Ava diz que Clem é uma pessoa iluminada, capaz de ajudar muita gente, e que ela deveria se focar nisso, não em ser uma rebelde vingativa. 



Clem promete pra ela que continuará sendo uma pessoa boa e inspiradora.



E assim, ela volta ao presente, já tendo terminado de curar seu amigo, e é agradecida.




Javi a convida pra partir com ela até o grupo, mas ela diz que precisa falar com Lingard, e então, o médico acorda.



Ele pergunta de David, diz que Joan é um monstro, fala que David era sua maior inspiração...




Clem começa a discutir com ele, dizendo que David que era um monstro sequestrador de crianças, e então Lingard diz que AJ só estava bem porque David o protegeu, contando um pouco sobre o quanto ele foi bom pra ele.



Então, Clem pergunta onde AJ está, e o médico sente interesse nisso.




Ele diz que está cansado, que David era sua única esperança e agora, Joan a tinha tirado. Então ele queria se matar, mas confessa ser fraco de mais pra isso, e faz uma sugestão.




Ele diz que contará pra Clem onde AJ está, se Javi injetar um remédio que ele tinha preparado e o mataria.




Javi não pensa duas vezes, injeta o remédio e assim, Lingard da o endereço pra Clem. Ele também pede pra Javi não deixa-lo se transformar, e o cara assim o faz.



Então Javi volta pra Gabe e Ava, com Clem junto (pra alegria de Gabe) e eles vão embora.




No apartamento, Javi entrega as armas pra todos, e pede pra Clem conversar com Kate que estava no quarto, isso após ela receber uma arma especial das mãos de Gabe.




Então todos começam a conversar sobre quais seriam seus próximos passos. Ava menciona que tem um carro bem grande em uma área de expansão ali perto, e que eles poderiam usar pra fugir quando a horda de mortos-vivos diminuísse.




Então começam a se preparar, e Gabe fica empolgado, dizendo que irá primeiro, pra salvar seu pai. Mas, Javier corta seu barato, fala pra ele maneirar, pois essas ações estavam custando muito caro, como seu ferimento, e ai Gabe enlouquece.



Gabe começa a falar asneiras, diz que Javi matou Conrad, e a coisa fica feia.




Tripp, que até então estava concordando com tudo, fica revoltado com Javi, diz que não sabia desse detalhe, que ele matou o amigo dele, e não aceita explicações. Eleanor entra no mesmo barco, e ambos se voltam contra Javi, dizendo que não irão mais trabalhar ao lado dele.




Então, Javi, Clem, Kate e Gabe saem para buscar o carro que Ava mencionou, enquanto ela ia até David pra ver como estavam as coisas no julgamento.




Javi pede pra Kate e Gabe ficarem de olho enquanto ele e Clem procuravam o carro, mas Gabe ainda estava todo estressado.



Mas basta Clem pedir com carinho pela cobertura dele que ele fica todo calminho.




Então eles vão, e encontram o tal carro, aberto, mas sem a chave. De quebra também tinham alguns capangas em uma sala ao lado, e eles precisam mover o veículo pra fora da garagem sem ninguém notar.



Kate e Gabe chegam até eles pra ajudar, e enquanto Kate guia, os outros empurrariam.




Uma vez longe da garagem, Kate sugere que Javi faça ligação direta, e ele procura por ferramentas pra isso. Por sorte ele encontra, mas também encontra walkers, e ai começa uma corrida contra o tempo, pois os mortos-vivos estavam forçando as ripas de madeira e poderiam invadir o local a qualquer momento.



Ele consegue ligar o carro, e a ignição, e então eles partem.




Ainda na cidade, eles param perto da praça onde ocorreria o julgamento, onde Kate fala do clima que ta rolando entre Clem e Gabe, e que queria que as coisas fossem assim entre ela e Javi.




Javi aceita, eles se beijam, ela fica muito feliz, mas também começa a pensar em como contar pra David.



Então eles recebem uma chamada no rádio, de Ava. 



Ela diz que não é um julgamento, mas sim uma execução pública, e que David seria enforcado!




Mas, antes de terminar ela é interrompida bruscamente, o que preocupa a todos e eles correm pra ver o que tava acontecendo, sem medo de entrarem no meio do povo.




Chegando à execução, Joan estava declarando publicamente que David era um traidor, e tinha posto a comunidade em risco, e seria morto por isso. 




Javi é notado, e ela pede pra ele se aproximar, e ele faz toda questão. Ele se apresenta, e começa a dizer que ela era um mentirosa.




Porém, ela rebate as acusações, e diz que ele era um assassino, revelando os corpos do cara careca e do Dr Lingard, afirmando que ele os havia matado a sangue frio.




De quebra, ela também diz que sabia do plano dele de desbanca-la e voltar o povo contra ela, e também que eles haviam roubado armas, tudo cortesia de Eleanor, que tinha ido pessoalmente falar com ela.



Javi tenta se defender e expô-la, mas ai ela puxa outra carta da manga...



Ela traz Tripp e Ava, ambos capturados e promete executa-los também.




Mas, ela diz que deixará um vivo, sob a escolha de Javi. Pede pra ele dizer quem deve morrer, seu amigo ou a aliada de seu irmão.



Então Javi não escolhe nenhum, e toma uma bala na cabeça pelas costas.



Brincadeira... (isso ocorre se ele não escolhe, mancada né?)



Mas na verdade, Javi escolhe seu amigo.




Com isso, Ava fica bem irritada, David também, e só pra variar, Joan anuncia que quem vai morrer, é Tripp, contrariando tudo o que ela mesma disse.



O povo deveria se revoltar nesse momento mas, todo mundo la é baba-ovo. 




Então, após Joan autorizar o assassinato de Tripp e atirarem nele, Clint decide se impor, com Tripp agonizando no chão...




Ele fala pra pararem, pra baixarem as armas (e os caras baixam, pois ele mandava também!) e diz que não era assim que a Nova Fronteira agia. Ele fala que exilar era a punição máxima, e pede para Javi concordar.




Javi aceita essa opção, apesar de exílio ser tão mortal quanto execução naquela situação, onde tinham walkers nos portões, e ai, após Clint soltar David, ele pega uma arma de um dos capangas e o coloca como refém.




Na tentativa de fazer seu irmão parar com a violência, David acaba apontando a arma pra Joan e Clint consegue se libertar, lutando contra. Joan foge, e ai vira bagunça.




Tiro pra todo lado, os capangas de Joan atiram contra Javier e os outros, e acertam vários inocentes na troca de balas.




Davi mata Clint, e se junta com seu irmão, pra então decidir correr atrás de Joan. Gabe decide ir junto com seu pai, para dar suporte, e Javi começa a correr aleatoriamente pra salvar seus amigos que encontra.




Ele vê Clem, se junta com ela, após salva-la. Ela diz que David tinha estragado tudo, e eles recebem uma chamada no rádio de Kate, perguntando o que tava rolando.




O rádio não funciona direito e ela não consegue ouvir as orientações de Javi, e então, depois dos bandidos jogarem bombas de gás lacrimogênio, surge Kate, no carro, vindo com tudo.




Javi tenta sinalizar pra ela mas a fumaça atrapalha, então ela não consegue parar a tempo, bate no muro, e na hora que Javi vai tentar resgata-la...



O caminhãozinho explode, abrindo os portões pra um monte de walkers.



E ai, o local é invadido por mortos-vivos bronzeados em excesso.



Fim, mas continua no próximo capítulo.

Minhas Decisões e Justificativas



Você prometeu que ajudaria a Kate com a família se o David fosse embora?




Achei melhor fazer tal promessa pra limpar a consciência de Javier, afinal, se foi um pedido do irmão, "cuidar" da esposa dele, sem problemas.



Ele não queria mais ser o pai e marido ué, agora vai ter de pagar o pato.

Como você reagiu ao pedido do Dr. Lingard?




Ele me convenceu. Ele se drogava, era mais perigoso acabar morrendo e virar um morto-vivo sem ninguém pra impedir do que ter uma morte em troca de um favor. Sei que era arriscado acharem o corpo e usarem contra David, que foi exatamente o que aconteceu, mas sei la, não via outra alternativa.




Lembrei daquela comunidade da primeira temporada, que ruiu por causa de uma grávida que matou um médico sem ninguém saber, e surgiram mortos-vivos dentro dos muros.

Você disse à Kate que sentia alguma coisa por ela?



É claro que sim! Ela praticamente implorou por isso.



Ela que se declarou primeiro, dane-se o David, ele abriu mão da família... e ela tava na dele!

Quem você tentou salvar da execução?




Me colocando na pele de Javi, salvar Tripp era o mais correto, pois eles tinham mais tempo de convivência. Por mais que Ava fosse legal, e tivesse um passado com Clem, eu estava na pele de Javi.




As vezes, é preciso decidir coisas com base na lógica do perfil criado... por mais que Tripp não merecesse, afinal foi um babaca que deixou Eleanor entrega-lo... alias, eu vou matar ela se ela ainda não morreu! (e eu repeti a imagem de propósito!)

Você atirou na Joan ou aceitou o trato com o Clint?




Pois é, dava pra atirar nela quando Clint manda todo mundo baixar as armas. Achei que mata-la seria o mesmo que criar um martyr, e isso daria razão pra todas as mentiras que ela criou.



Mas David provavelmente fez isso por mim... 

Então... 


Falta mais um, e poderei jogar a quarta temporada. Peço perdão pela demora já adiantado... mas jogarei assim que completar essa temporada.

See yah!

6 comentários:

  1. Muito bom. Geral tá se ferrando. Clem crescendo é meio preocupante. Eu gostava do grupo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse final foi bem bagunçado, eu não sei mais de nada. Mano, tava na cara que ia dar merd4 com a Kate, pois tava tudo dando certo de mais. Agora, provavelmente ela morreu, geral ta morrendo, ta bem complicado.

      Eu até que to gostando do que a Telltale ta fazendo, mostrando todo o desenvolvimento de Clem, nesse mundo terrível... ela é a melhor personagem ever.

      Excluir
    2. Se a Kate morreu pelo menos javi e David n vão brigar por ela, eu tava gostando do tripp aí ele vai e é morto kkkkk

      Excluir
    3. Eu também tava curtindo o Tripp, mas ele virou a casaca, com isso parou de ser um personagem legal. Quanto a Kate, eu tava torcendo por um final feliz, e preferia a morte de David a dela.

      Excluir
  2. CARACAAA QUE VENHA O GRAN FINALE!! ESSE EPISODIO TA DIFERENTE DO QUE EU FIZ, AGORA EU SEI O QUE ACONTECE COM AS ESCOLHAS QUE VOCE FEZ! HAHA MANEIRO MAN ATÉ O PROXIMO!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falta só mais um. Eu que agradeço pela sua paciência e insistência para que eu retomasse a franquia. Estou bem feliz com o resultado. Obrigado sr.

      Excluir

CadastroMorte

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner