ArquivoMorte

PesquisaMorte:

terça-feira, 24 de julho de 2018

ReviewMorte: O Rei Leão (1994)

Mais um... eu sei, só filme Disney?! Mas calma, uma hora isso vai terminar ta.

O Rei Leão (1994)


Esse pelo menos é maravilhoso, e é um clássico que acho que todo mundo conhece... mas, vamos pro meu resumo.

Boa leitura...




História

Tudo começa com o Sol nascendo.


Todos os animais da savana se reúnem para um grande evento na Pedra do Rei.


O Rei Leão, Mufasa, estava extremamente orgulhoso.


Pois seu filho, e herdeiro do título, havia nascido.


Rafiki, o babuíno e sábio, apresenta Simba, filho de Mufasa, ao reino inteiro, e todos os animais se curvam.


Exceto um animal, um leão, irmão de Mufasa, chamado Scar.


Ele nem pra cerimônia foi, e é criticado por isso.


Zazu, o concelheiro do rei, tenta mostra-lo que ele estava errado, mas ele o ameaça.


E ai o próprio Mufasa aparece, pra tirar satisfações com seu irmão.


Scar não o respeita nenhum pouco. Ele queria ser Rei, e sabia que tinha perdido a única chance de herdar o trono, por causa do nascimento de Simba.


Ele nem tenta esconder sua inveja, mas seu irmão, por mais irritado que fique, ainda tenta achar um lugar pra Scar em seu reino.


Simba, assim batizado por Rafiki, era um leãozinho bem hiperativo.


Mas Mufasa era paciente e o apresenta seu reino, dizendo que tudo o que o Sol toca é deles, e que um dia Simba será rei.


Mas, havia um canto que Simba deveria evitar, um ponto mais ao norte e escuro. Era além das fronteiras do reino.


Então, Simba brinca um pouco com seu pai, até que ele é convocado para lidar com hienas que tinham atravessado a fronteira.


Simba vai até sua casa, e la começa a importunar Scar, que de paciente não tinha nada.


Simba fala, sem malícia, de que seu pai contou que ele seria o próximo rei, e que tudo ali era dele, menos a parte escura. 


Scar, que fica bem enraivecido, atiça a curiosidade do leãozinho, mencionando que aquele local era muito perigoso e apenas os corajosos iam.


Simba decide explorar a região proibida, que Scar mencionou ser um Cemitério de Elefantes, e vai buscar sua amiga, para irem juntos pra aventura.


La ele convence a mãe de Nala, e a sua própria, a deixa-los irem até o lago brincar. Mas ambos planejavam fugir para o Cemitério de Elefantes.


Entretanto, Zazu é colocado como seu guia e vigia.


Ambos conseguem, com ajuda dos demais animais, despistar Zazu e correr pra onde queriam.


Simba e Nala eram grandes amigos, e Zazu até falava de suposto casamento entre ambos mas, eles eram jovens de mais e debochavam disso. Ainda assim, eles se davam bem até de mais...


Eles chegam até o cemitério, e é bem assustador, mas antes que eles comecem a curtir, Zazu aparece dizendo que é um local muito perigoso.


E é ai que as Hienas aparecem.


Era o território das Hienas, e la elas podiam fazer tudo, então elas caçam as crianças como jantar.


No meio da fuga, Simba e Nala ficam encurralados, e Simba tenta afugentar as hienas rugindo, mas falha miseravelmente.


Pra sua sorte, seu pai aparece logo atrás, e salva ele e sua amiga... 


Mas ele fica bem irritado por Simba ter desobedecido.


Em suas terras, Mufasa pede pra Zazu levar Nala pra casa enquanto conversa a sós com Simba.


Mufasa explica que está bravo, mas na conversa ele também conta sobre as responsabilidades de um rei, e do medo que sentiu em quase perder seu único filho.


Ele logo faz as pazes com seu filho e ambos brincam, até Simba mencionar que seu pai sempre estará la pra protegê-lo.


E é ai que Mufasa decide contar sobre as estrelas. Ele fala que no céu, os reis antigos observavam e os protegiam, la das estrelas, e que um dia ele também estaria la (era sua forma de dizer que um dia morreria, mas continuaria olhando por Simba).


Enquanto isso, no cemitério de elefantes, as Hienas se encontram com Scar.


Ele alimentava elas, e ele estava por trás do ataque a Simba. 


Todas as Hienas estavam com ele, e seguiam seus planos. Ele queria dominar o reino, tirando seu irmão do trono, nem que pra isso custasse a morte dele. 


Então ele monta um plano perverso. Ele leva Simba pro meio do nada, e diz que Mufasa fará uma surpresa pra ele ali. 


Ele menciona também que sabe o que Simba fez no cemitério, e que ele precisava treinar mais seu rugido, também insistindo pra ele não desobedecer e ficar esperando na pedra até seu pai chegar, para não decepcionar ninguém de novo.


Enquanto isso, as Hienas aguardavam por um sinal de Scar, para debandar uma manada de Gnus. 


Simba então treina seu rugido, e quando tudo ecoa, Scar da o sinal e os animais começam a correr, com simba ouvindo os passos, quase como se ele tivesse provocado a debandada.


Scar corre até Mufasa, e avisa que Simba ta no meio dos Gnus, e o rei leão corre pra salvar seu herdeiro.


Mufasa pula no meio dos animais, e resgata seu filho.


Enquanto Scar atordoa Zazu para não chamar ninguém.


Mufasa deixa seu filho em uma pedra, em segurança, e tenta escalar a montanha...


E enquanto Simba da a volta pra tentar ajuda-lo, perdendo ele de vista...


Scar, que só observava, aparece e diz "Vida longa ao Rei" quando ele suplica por ajuda, retirando suas patas e jogando ele nos Gnus.


Simba vê seu pai caindo...


E tenta resgata-lo, mas já era tarde.


Mufasa havia sido pisoteado pelos animais, e morrido.


Simba, desesperado, pede por ajuda, chora, e no fim, se deita com seu falecido pai...


Quando Scar chega, e joga a culpa de tudo o que ocorreu no garoto, falando que se não fosse por ele, Mufasa não teria morrido.


Simba implora por ajuda, e Scar diz que se alguém souber que ele matou seu próprio pai, seria algo horrível e ninguém o perdoaria, então ele diz para Simba correr, fugir pra longe, e nunca mais voltar.


O garoto tava em choque, então apenas obedece seu tio, que logo em seguida ordena as Hienas a caçarem e matarem Simba (nessa parte, na primeira vez que assisti, jurava que ele mandava elas matarem Mufasa, só pra você ver o quanto eu não conseguia acreditar no que via).


Mas, Simba consegue escapar, pulando em espinhos e cortando a perseguição. 


As hienas gritam então, para ele fugir mesmo e nunca voltar, caso contrário elas o matariam, e dão o leãozinho como morto.


Com as mortes de Mufasa e Simba declaradas, todos na Pedra do Rei ficam em prantos, mas Scar aproveita a situação para assumir o trono.


E sua primeira e imediata proclamação, é ceder todo o reino às Hienas, para que ambos convivessem juntos.


O reino agora era das hienas.


Um tempo depois, Simba estava no deserto, a beira da morte.


Quando dois animais surgem e o salvam.


Eram Timão e Pumba, que resgatam o leão, mesmo assustados, e o levam pra um oásis próximo.


Quando ele acorda, eles percebem que ele estava péssimo, e tentam anima-lo.


Simba fala que não tem pra onde ir, que não pode voltar pra casa e que não sabe o que fazer. 


Então Timão e Pumba ensinam seu mantra: Hakuna Matata.


Eles ensinam que era preciso deixar o passado pra traz, esquecer os problemas e viver como se não houvesse amanhã.


Também ensinam Simba a ser insetívoro, comendo apenas insetos e larvas.

 

E então, Simba cresce, com sues novos tutores, amigos e guias.


Mas, enquanto isso, Scar reinava, e destruía o reino. 


Sob uma ditadura, ao lado das Hienas, Scar havia acabado com tudo. Ele colocou as leoas para caçarem em prol das Hienas, e no fim, tudo estava uma porcaria, com escassez de água e comida, pois todos os animais haviam fugido, e o ecossistema morrido.

 

Bem, enquanto descansavam e observavam as estrelas, Timão, Simba e Pumba tentam desvendar os mistérios dos céus. Timão teoriza sobre as estrelas serem vaga-lumes presos no universo. Pumba fala sobre serem bolas de gás em combustão eterna (heh, ele acerta mas, é zoado pois só fala de gases) e por fim, Simba fala sobre o que seu pai lhe ensinou, o que faz todos rirem.


Então ele sai meio triste, lembrando do que fez com seu pai, e ao se deitar na beira de um morro, faz folhas voarem...


Essas folhas atravessam o deserto e chegam até a árvore de Rafiki, que imediatamente identifica Simba como ainda vivo.


Um dia, enquanto Timão e Pumba caçavam insetos, uma leoa surge e persegue Pumba. até que Simba aparece e salva seus amigos, lutando contra a leoa.


Mas a leoa derrota Simba, e nesse momento, ele percebe que era Nala (ela sempre o derrotava da mesma forma). 


Simba fica feliz por ver sua antiga amiga novamente, apresenta ela pros seus novos amigos, e Nala, surpresa por ele estar vivo, diz que ele é o rei por direito e poderia desafiar Scar.


Mas, Simba pede para ambos conversarem a sós...


No que deveria ser uma conversa pra explicar o que houve com o passar do tempo, o casal acaba se apaixonando.


Então, Nala pede pra Simba voltar ao reino, e lutar pelo trono, para salvar a todos. Mas ele diz que estava bem, que fugiu pra viver sozinho e não iria voltar.


Eles brigam por causa disso, com Nala dizendo que esse não é o Simba que ela conhecia.


Ai Simba começa a vagar sozinho, olha pras estrelas, chama por seu pai mas nada acontece.


Então Rafiki aparece, meio maluco, e começa a falar com Simba, atraindo ele até um ponto estratégico, se apresentando como amigo de Mufasa, e também dizendo que ele ainda estava vivo.


Rafiki guia Simba até um pequeno lago, onde faz ele olhar pra seu próprio reflexo.


Em seguida ele mexe um pouco na água, e diz que Mufasa vive dentro de Simba. Com isso, Simba tem uma visão nos céus, de seu pai, com quem ele conversa.


Mufasa diz para Simba lembrar de sua responsabilidade e de quem ele realmente é. Depois disso, Rafiki tira onda com relação ao tempo, e da uma lição de moral em Simba, fazendo ele perceber que era melhor aprender com o passado e enfrenta-lo, do que apenas ignora-lo (vish, anti-Hakuna Matata).


Então, mais confiante, Simba decide voltar ao Reino e enfrentar Scar.


Nala vai atrás dele, não o encontra, pergunta pra Timão e Pumba se sabiam onde Simba estava, e Rafiki aparece, dizendo que o Rei Regressou. Eles decidem todos voltarem pro Reino e assim, ajudar Simba (Timão fica meio confuso mas, era seu amigo, e Nala explica como pode).


O Reino estava completamente devastado, desértico, destruído, morto.


O grupo consegue encontrar Simba e todos vão juntos pro grande confronto.


Enquanto Timão e Pumba distraem as Hienas, Nala reúne as leoas e Simba vai tirar satisfações com Scar.


Ele diz que voltou, e que ele é o rei por direito e ordena a Scar abrir mão do cargo. Mas, Scar fala do problema que as Hienas se tornaram, e que elas acham que ele é rei, e que se ele apenas renunciasse, elas não iriam gostar.


Além disso ele fala sobre o povo de Simba não saber da verdade, e caso descobrissem ele iria se dar mal.


Scar acusa Simba publicamente do assassinato de Mufasa, e Simba, inocente e ingênuo, acaba confessando, por acreditar ter sido mesmo o responsável.


Então Scar começa a provocar o leão, e empurra-lo até a beira da montanha, quando um raio cai no chão, iniciando uma queimada. Simba fica pendurado, e Scar vê nisso uma semelhança com o passado.


Ele pega nas patas de Simba e decide confessar, no ouvido dele, que ele matou Mufasa. 


Isso da forças pra Simba se levantar, pular sobre ele e fazê-lo confessar pra todo mundo ouvir, quem era o verdadeiro assassino.


Mas, após confessar, as Hienas atacam Simba, o que começa uma guerra. As Leoas, Timão, Pumba e até Rafiki lutam, ao lado de Simba.


Scar foge até o topo da montanha, onde é encurralado por Simba e suplica por misericórdia.


Ele diz que as Hienas o obrigaram a tudo, e pede pra Simba perdoa-lo. Então, Simba decide que Scar deveria fugir pra longe e nunca mais voltar.


Só que Scar o ataca pelas costas, e ambos lutam.


Até que Scar acaba sendo jogado pra longe, caindo em direção ao fogo, mas caindo em uma pedra, ainda vivo.


Porém, as Hienas que haviam escutado ele jogando a culpa de tudo nelas, acabam se revoltando contra ele e considerando-o um inimigo.


Pulando nele e o devorando.


Com isso, uma chuva começa e apaga o fogo, e Simba havia salvado o reino.


Ele vai até a pedra do rei, orientado por Rafiki...


E ruge com toda sua força, avisando a todos que ele era o novo rei.


Com o tempo, o reino é repovoado, o ecossistema volta ao normal...


E o Rei Leão, Simba, apresenta seu filho aos animais, orgulhoso, e ao lado de seus amigos.


E assim, o Ciclo continua.


Fim.

É, existem duas continuações que são, desnecessárias. Na verdade, até são bem divertidas e bem feitas, se comparadas as outras animações bizarras de continuação que a Disney tem o péssimo hábito de fazer, mas, suas histórias não são importantes... exceto é claro, pra continuação em desenho animado...

Mas, heh... falar disso não é meu objetivo atual.

Um dia quem sabe né... enfim...

Sabe a onda de Live Actions? Acredita que até Rei Leão ta no cronograma Disney? Pois é, e apesar de ser estranho um "Live Action" com animais, o objetivo do filme é sim, dar realismo a essa história. Serão tipo, animais digitais bem realistas. 

See yah...

10 comentários:

  1. Curti o post man. É uma história muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado sr Ivan... eu quero concluir meu projeto logo... mas to adorando esses trabalhos.

      Excluir
  2. Tem gente que diz que n consegue odiar o scar, mas eu tenho tanto ódio desse arrombado. O filme é mesmo muito bom, até chorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não odiar o Scar? Que tipo de pessoa não consegue? Ele é repulsivo, invejoso, e ele matou inocentes, muitos inocentes (imagina quanto bicho morreu atoa por causa dele). O problema, é que no desenho animado de Rei Leão, tentaram passar o pano pro Scar, explicando um pouco de seu passado e as razões dele ser tão invejoso, mas ainda assim, ele é maligno. Pra mim, Scar é até o momento o vilão Disney mais maldito.

      Por incrível que pareça, eu não chorei. Fiquei mal na verdade pois, meu filho adorava Rei Leão, assistia direto e a mãe dele incentivava, eu meio que lembrei de tudo isso... Eu tentei ao máximo me envolver com a obra mas, foi difícil.

      Excluir
  3. Saudações Sr Morte, li essa review pois queria relembrar o dia que assisti essa bela obra arte, gostei bastante do post. Bom, sabia que existe um jogo do Rei Leão, eu nunca joguei, mas porque não jogue e faça uma análise? Enfim é só uma sugestão, parabéns ShadyMorte, continue assim ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamo precisando de jogos no blog rs. Eu tava pensando em fazer análises de jogos que eu adorava quando criança, e Rei Leão é um deles. Fica tranquilo que o futuro só reserva coisas boas... Obrigado pela dica sr Caíque, e pela leitura.

      Hoje minha net ta complicada...

      Excluir
    2. Kkk sei como é que, net de br é fogo. Já que o blog ta precisando de jogos vc poderia fazer análise Castlevania Aria Of Sorrow, é um jogo ótimo, considero com um dos melhores da franquia

      Excluir
    3. Castlevania de GBA... é, acho que compensa.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que eu tinha de publicar muita coisa... to com 2 analises de jogo prontas e 2 de filmes, e to ainda tentando terminar a de Kingdom Hearts.

      Excluir

CadastroMorte

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner