ArquivoMorte

PesquisaMorte:

sexta-feira, 13 de julho de 2018

AnáliseMorte: The Walking Dead - Uma Casa Dividida - 2° Episódio da 2º Temporada

Um ano depois, volto a falar de TWD.


Como senti que o feedback da última postagem da série não foi tão bom, na época, acabei desanimando e descontinuando a série no blog, pelo menos até alguém começar a cobrar. E finalmente começaram a cobrar! Então, continuarei os posts da segunda temporada, naquele estilo fragmentado porém completo, com minha perspectiva do jogo.

Lembrando:

A história se adapta às escolhas do jogador, e cada um descobre sua própria história. Essa é a minha, com muitos spoilers, mas da minha perspectiva. Sua história pode ser diferente.

Boa leitura!



Eu tive que jogar novamente os episódios, mesmo já tendo fotos separadas da vez que joguei no passado, só pra dar aquela refrescada na memória. Eu busquei fazer as mesmas escolhas da primeira vez, mas como minha memória é um saco, não me lembrei de quase nada, então minha perspectiva provavelmente foi outra... Ainda assim, não vi grandes alterações com relação as imagens originais... 


Não sinto que haja a necessidade de falar do gameplay todo de novo, pois absolutamente nada mudou com relação ao episódio anterior. Nós controlamos Clementine, andamos por ai, interagimos com objetos, e principalmente, com diálogos.


Também há momentos de ação rápida em que precisamos não apenas apertar os botões corretos, mas mirar com a arma e atirar em tempo, ou apenas decidir algo ligeiramente. 


Tudo, absolutamente tudo, afeta a história... e em algumas partes uma vida pode ser salva ou perdida só por causa de uma resposta! Então, é complicado.

Personagens

Clementine


A jovem sobrevivente continua sua jornada, bancando a durona, lidando com o presente, usando o que aprendeu no passado. Em vários momentos, é possível usar as memórias de Clem para responder em diálogos, falando do passado e comparando com eventos atuais. Ela aprendeu muito.

Pete


Após mordido, ele fica condenado. É interessante ver como Clem lida com sua situação, o que lembra a dolorosa e controversa perda de Lee. Detalhe que, Pete passa pela transformação muito rápido, em questão de horas, mas o que o mata não é nem isso...

Nick


Ele fugiu, e reapareceu, sem problema nenhum. Nick agiu covardemente abandonando Clem e Pete, e ainda retorna pra causar mais problemas. Ainda assim, ele é apenas um jovem assustado, impulsivo, que comente erros por agir antes de pensar.

Luke


Ele é um líder, mas é jovem. Suas ações e decisões são um pouco irresponsáveis e egoístas, visando ajudar apenas seu próprio grupo. De inicio é algo interessante mas, isso causa problemas. Ainda assim, Clem gosta dele.

Rebecca


A moça grávida e irritada é praticamente a razão de tudo que da errado. Ela carrega um bebê no ventre, que não pertence ao seu marido (palavras dela!), mas sim ao novo vilão da história. Toda a situação do grupo é consequência do que ela fez, e todos precisam lidar com isso.

Alvin


Ele é o marido de Rebecca, que pode até não saber que o filho não é dele, mas não se impressiona muito quando descobre. Alvin é um cara idiota, não por ser corno, mas por ter atitudes idiotas, como colocar a Clementine pra caçar comida pra esposa dele, e pensar em esconder alimento dos outros de seu próprio grupo, pra que Rebecca se alimentasse. 

Carlos


Esse é o médico do novo grupo em que Clementine acaba se infiltrando, entretanto ele é super-protetor com sua filha, e tenta fazer o mesmo com Clem (mas ela tira o cavalinho dele da chuva rapidinho).

Sarah


Essa é a filha de Carlos, uma garota inocente, que parece ser até mais velha que Clem, mas é muito ingênua e não conhece nada do mundo atual. Seu pai parece mantê-la em cativeiro pra que ela não conheça o apocalipse, mas isso só deixa ela suscetível ao medo.

Matthew


Esse personagem não dura muito, mas é um cara legal que ajuda Clem e o grupo de Luke, até ser morto. Infelizmente ele não teve muitas oportunidades de se apresentar, mas sua morte tem consequências pro grupo.

Kenny


Quem volta é o Kenny, ele que estava aparentemente morto, na verdade sobreviveu! Kenny está mais velho e barbudo, e tem um novo relacionamento, e um novo grupo, mas fica muito empolgado ao se reencontrar com Clem. 

Sarita


Essa é a nova garota de Kenny, uma jovem linda e prestativa. Infelizmente, parece que Kenny é violento com ela as vezes, mas isso não afeta o relacionamento de ambos. Ele não fala de seu passado, de seu filho ou esposa falecidos, e Sarita não se importa com isso, estando feliz com ele da forma como ele é. Só que, com a chegada de Clem, Kenny começa a ter recaídas com o passado...

Walter


Esse é aparentemente o líder do novo grupo de Kenny. Ele acaba acolhendo o grupo de Luke em sue chalé no topo de um morro, com eletricidade eólica, comida e segurança. Porém, ele era muito próximo de Mattheu, e quando descobre o responsável pela morte dele, fica diante uma escolha importantíssima.

Carver


Esse é o novo vilão da trama, um cara misterioso que caça o grupo de Luke, e tem seu primeiro encontro com Clementine. Ele conversa bastante, tenta ser simpático mas é ao mesmo tempo ameaçador. Ele chega a mentir seu nome real, mas no fim percebe que Clem estava acobertando seu novo grupo e fica na cola dela. Carver é um problema.

Bonnie


E finalmente surge uma personagem daquela história paralela que surgiu entre a primeira e a segunda temporada. Bonnie é um dos sobreviventes, que agora está no grupo de Carver. Ela é ajudada pelo grupo de Kenny, mas como o grupo de Luke era o alvo do grupo de Carver, o final é bem trágico.

Pois é, grupos diferentes se chocando, é a premissa desse episódio.

Dito isto, bora pra história:


Clem e Pete conseguem escapar juntos dos walkers até um carro, onde se abrigam e conversam sobre a perna dele. Infelizmente, Pete estava com uma mordida, e até pensa em cortar a perna, mas logo cai na real e se da conta que o sangramento o mataria.


Então, Clem e ele passam algumas horas escondidos, com Clem caindo no sono, e quando ela acorda toma um susto com a possibilidade de Pete estar morto e transformado.


Mas ele ainda estava vivo, e decide que eles precisavam sair dali e correr pro acampamento do seu grupo. Ele, então se oferece pra dar cobertura pra Clem, e mesmo com ela insistindo pra ele acompanha-la pra ao menos se despedir do sobrinho dele, o Nick, ele acaba ficando pra trás.


Quando chega ao acampamento, Clem conta rapidamente o que houve e o grupo inteiro decide sair pra buscar o Alvin que tinha ido procurar por eles. Com isso, Clem fica em casa com a Sarah.


Mas, não demora muito e um cara aparece procurando pelo grupo. Ele era o temido Carver, mas não se identifica dessa forma. 


Clem tenta distraí-lo e persuadi-lo a deixar a casa, alegando que seu grupo era enorme, que tinha armas, que sabia se defender, que não conhecia aqueles que ele procurava, mas depois de uma conversa bem intensa, Carver sai todo ameaçador dizendo que ela não devia confiar nesse grupo. pois eles não confiavam nela.


Com isso ele vai embora, e quando o grupo chega, Sarah conta tudo o que houve sem dar tempo de Clem trabalhar na história. Sarah chega a falar que Clem tirou uma foto dela, e que Carver viu a foto, mas no final todos entendem que a garota nova não tinha feito nada de mal e havia acobertado eles, e decidem ir atrás do Pete.


Chegando ao local onde Clem e Pete haviam ficado, encontram o corpo dele esquartejado, mas com um tiro na cabeça. Como não haviam armas com ele, eles imaginam que foi o mesmo grupo que exterminou a galera do riacho, e decidem partir dali o quanto antes.


5 dias depois, eles estavam indo em direção ao Norte. Clementine ainda estava com eles pois procurava por sua amiga, e era na mesma direção. Então eles encontram uma ponte, um morro e um chalé no topo.


Luke e Clem vão na frente pra averiguar, e encontram o Matthew, que apesar de armado, se aproxima e se apresenta educadamente, oferecendo abrigo e comida, e mencionando que não viu a amiga de Clem quando ela pergunta, pois viu muitas pessoas e não saberia diferencia-las.


Mas ai aparece Nick, armado e confuso, e acaba atirando contra Matthew. Isso mata o cara, talvez não pelo tiro no pescoço, mas pela queda da ponte. Ou ele morreu sangrando ou afogado... 


A questão é que o grupo não deixa barato e da uma bela bronca em Nick, mas como um monte de walkers surgem eles precisam subir até o chalé o quanto antes.


Chegando la, enquanto Clementine sobe no teleférico pra olhar os arredores e percebe a presença de um grupo vindo pela ponte...


O grupo de Luke é abordado pelo grupo do chalé.


Mas, quando Clem desce e vai olhar de perto, percebe que Kenny tava entre eles e da um grande abraço.


Os grupos se unem por causa de Clem, com Luke e os outros sendo recebidos pra passar a noite no chalé.


Clem recebe um convite pra ficar permanentemente, que ela aceita.


Mas, as coisas começam a dar errado. Primeiro, Clem havia pego uma faca do Matthew no caminho até la, e eles descobrem que Matthew era do grupo de Kenny, extramente próximo de Walter.


Eles ficam na dúvida se contam ou não pra ele, mas Walter descobre tudo ao ver a faca na bolsa de Clem.


Com isso, Clementine tenta convencê-lo, com a verdade, que Nick não era mal e foi tudo um acidente.


Pouco antes disso, eles haviam encontrado Bonnie, que estava bisbilhotando o chalé pela janela, e o próprio Walter deu uma caixa de alimentos pra ela pra ajuda-la, permitindo que ela fosse embora.


Acontece que o gerador de energia estava barulhento de mais por causa da ventania, e ao tentar para-lo pra que não atraísse walkers, um monte deles aparece.


O Chalé fica sem luz, e só pra variar, no meio da confusão, ele é invadido pelo grupo de Carver. Bonnie tinha entregado a localização deles.


Clem consegue entrar no chalé desapercebida e fica com Alvin e Rebecca, enquanto Carver rende todos, exceto Kenny e Luke que somem.


Então, com Carver insistindo pra que Rebecca e seu bebê aparecessem (pois é, ele era o pai) espancando e quebrando os dedos de Carlos, Clem sai do chalé em busca de Kenny e Luke.


Ela encontra Kenny, que estava prestes a atirar, e tenta impedi-lo, mas ele atira assim mesmo, matando um dos capangas de Carver.


Mas Carver retalia de imediato, matando alguém do grupo de Kenny, o Walter.


Então, Kenny entra em modo vingativo, mas Clem tira a arma dele, impedindo que um massacre ocorresse. 


Kenny e Clem se entregam, depois de Rebecca e Alvin.


Então todos são levados... exceto Luke que havia sumido.


Fim.

Por curiosidade, Christa ainda não foi achada, mas Clem ainda a procura. E nas cenas do próximo episódio, o destaque vai pra Clem e Carver lado a lado, diante uma invasão de mortos-vivos.


No fim também tem aquelas escolhas importantes, eis as minhas...

Listinha com Porcentagem de Escolhas:


Amizade: Tirar uma foto de Sarah?

Pois é, a foto que Carver encontra foi tirada por Clem, por insistência de Sarah. Eu tirei sem pensar muito, pois não achei que isso causaria problemas... engano meu.


Alias, Clem ensina Sarah a atirar nesse momento, o que lembra bastante o momento em que ela própria aprendeu com Lee.


Lealdade: Com quem sentar no jantar?

No chalé, durante a confraternização dos dois grupos, Clem precisa decidir se senta com o grupo de Kenny, ou de Luke. Eu optei por sentar com Kenny, primeiro pois eu conhecia ele melhor e queria tentar conversar mais sobre Lee, e também por causa do que o próprio Luke pede, pra investigar melhor o grupo de Kenny pela confiança deles em Clem. Mas, Luke não parece gostar disso...


Honestidade: Falar a verdade pra Walter sobre Matthew?


Por mais que Luke insistisse em mentir a favor de Nick, para proteger a vida dele, eu achei melhor falar logo a verdade. Walter não parecia um cara impulsivo, e era honesto, então o que ele decidisse seria o justo, Nick morrendo ou não. 

Perdão: Culpa de Nick?


Curiosamente Nick acaba contando a verdade também, e pede desculpas, o que salva sua vida durante a invasão, pois Nick é pego por um morto-vivo mas Walter o salva, apesar de hesitante. Nick sobrevive, mas Walter morre depois nas mãos de Carver.


Coragem: Deixar o grupo e buscar por Kenny?


Eu optei por sair do chalé e procurar pelo Kenny. Não seio o que ocorreria, mas Clem impede um massacre ao conversar com ele e convencê-lo que pelo bem de Sarita, era melhor se entregarem.


Enfim, essas são minhas decisões nesse episódio.

Eu espero que tenha gostado... e... té a próxima.


10 comentários:

  1. Muito bom. gostei da barba do Kenny. saudades do Lee. Alvin é o famoso corno manso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ter uma barba igual a dele. Perfeita né? Quanto ao Lee... eu ainda acho que ele ta vivo. Sério, eu joguei a 3º temporada e achei ela fod4, mas te juro que nem ela conseguiu acabar com minhas esperanças de ver Lee andando por ai, vivo. Eu sei, é esperar muito... mas ele era o personagem mais top da série e tecnicamente, sua morte foi vaga. Ele não sangrou tanto, e ele não recebe mordidas (se o jogador evitar) além daquela da mão, e ele demora muito pra mostrar qualquer sintoma... apesar da pele ter ficado pálida e ele ter ficado fraco, mesmo quando Clem atira nele, nada é mostrado... ela mesma nem olha pra ele antes ou depois de atirar. Ela pode ter errado de propósito, pode ter acertado as algemas, sei la... Eu ainda acredito na sobrevivência dele. Doidera né?!

      Alvin é um idiota... mas não merece o que acontece com ele.

      Enfim, vlw pela leitura sr Jose, isso me motiva a continuar você sabe.

      Excluir
  2. Morte, me falaram do seu blog em um dos meus videos, achei bem legal seus textos principalmente os de rpg , como chrono ,

    eu vi que voce tem um banner para expor seu trabalho, eu coloquei no meu site,
    https://www.rkplay.com.br

    se voce quiser colocar o meu tudo bem, se não , =(

    mas muito bom trabalho, tomare que cresça bastante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vindo ao DM sr Roberto, e que site maneiro o seu! Eu me sinto lisonjeado em ser considerado seu parceiro, e é uma honra tanto ter meu banner em seu site, quanto ter o seu aqui. To tentando achar seu banner pra adicionar.

      Excluir
    2. te mandei no facebook, aqui nao consigo .-.

      Excluir
    3. Boa, é um prazer incluí-lo aqui. Eu vou futuramente melhorar o layout do blog mas por hora, deixarei ali. Vlw sr Roberto, e novamente, bem vindo.

      Excluir
  3. CARAAAAAA MUITO OBRIGADO!!!! PUUTS PENSEI QUE VC NAO FOSSE POSTAR MAIS!!! AINDA BEM Q VC ME ATENDEU HAHAHA....QUE VENHAM OS PROXIMOS!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado digo eu sr. Eu queria muito escrever sobre TWD. Em breve terá o próximo, eu só to meio focado em um outro artigo por hora mas fica tranquilo, logo posto mais.

      Excluir
  4. morte, na minha primeira temporada optei por matar o lee para ele não se transformar, e nesse segundo jogo você pode revelar isso para o grupo quando é questionado...no caso a clementine. como você não matou o lee, é possível encontra-lo como um zumbi preso em algum lugar por ai.. #spoiler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Snif, eu não quero ver Lee zumbi... T_T. Fizeram um vídeo em que substituem o Nick (spoiler) pelo designe do Lee, e colocam falas pra parecer que é possível encontrar Lee morto, mas na real, é fake. Ainda assim, é chocante de assistir. Aqui os dois vídeos pra comparação:

      Vídeo Fake: https://www.youtube.com/watch?v=rhCxJ3bv_IE

      Vídeo Real: https://youtu.be/8beTREtE_Wc?t=497

      Você teve coragem de matar o Lee, então deve ter percebido que Clem não olha pra ele. Sério, a esperança existe!!! #LeeTaVivão

      Excluir

CadastroMorte

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner